Sede da Embrapa Uva e Vinho

Laboratório de Fisiologia Vegetal

O laboratório tem por objetivo atender às demandas de pesquisa relacionadas à fisiologia de produção da videira e de fruteiras de clima temperado, através da adaptação e/ou desenvolvimento de soluções tecnológicas aplicadas diretamente ao setor produtivo.

Equipe: pesquisadores Henrique Pessoa dos Santos e Alberto Miele e o técnico Daniel Antunes Souza

Responsável: pesquisador Henrique Pessoa dos Santos

Capacidade/procedimentos realizados:
- Análises foliares: área e massa foliar, fotossíntese, transpiração, condutância estomática e pigmentos foliares;
- Análises de compostos de carbono (amido, açúcares solúveis totais, açúcares redutores e análise qualitativa de monossacarídeos) e de nitrogênio (proteína total e aminoácidos totais) em tecidos vegetais;
- Análises de maturação tecnológica e fenólica da uva: grau brix, acidez total, pH e polifenóis totais;
- Análises de caracterização microclimáticas em estudos de ecofisiologia de cultivos convencionais e protegidos;
- Análises espectrofotométricas de atividades enzimáticas, relacionadas a estresses bióticos e abióticos na produção vitivinícola;
- Análise de relações hídricas de videira e fruteiras de clima temperado, considerando fluxo de seiva no tronco, transpiração foliar e potencial hídrico no contínuo solo-planta-atmosfera;
- Monitoramento de componentes de rendimento em função de fatores bióticos e abióticos, em viticultura e fruticultura de clima temperado;
- Análise qualitativa e quantitativa de metabólitos (metabolômica) por Espectrometria de Massa (LC/MSMS), considerando de modo conjunto os teores de hormônios vegetais, ácidos orgânicos, poliaminas etc, em tecidos vegetais;
- Teste de produtos agrícolas com potencial efeito fisiológico, relacionados a incrementos de qualidade ou capacidade produtiva de videiras e fruteiras de clima temperado.

Linhas de pesquisa:
- Avaliação metabólica e modelagem do processo de dormência de gemas em videira e fruteiras de clima temperado;
- Caracterização fisiológica, bioquímica e anatômica da interação inseto-planta em videira, com foco em pérola-da-terra (Eurizococcus brasiliensis, HEMPEL, 1922);
- Relações hídricas na produção vitivinícola;
- Ecofisiologia e manejo fitotécnico de cultivo protegido de videira;
- Avaliações microclimáticas e fisiológicas para definição de ajustes fitotécnicos em cultivos vitivinícolas;
- Caracterização fisiológica e de produção de sistemas de condução da videira;
- Estudos fisiológicos e agronômicos relacionados à poda da videira;
- Tecnologias de agricultura de precisão aplicadas a vinhedos, visando a elevar a qualidade do vinho, espumante e suco de uva;
- Estudo da compatibilidade entre porta-enxertos e diferentes cultivares de videira.

Atendimento a demandas: foco nas questões técnico-científicas do Plano Diretor da Embrapa Uva e Vinho relacionadas à área de Fisiologia Vegetal, elaborando projetos em parcerias com outras unidades da Embrapa e com instituições parceiras, como universidades e empresas privadas, buscando soluções tecnológicas para os setores da vitivinicultura e da fruticultura de clima temperado.

Galeria de Imagens