Sede da Embrapa Uva e Vinho

Laboratório de Fitopatologia 1

O Laboratório de Fitopatologia 1 da Embrapa Uva e Vinho tem por objetivo desenvolver pesquisas visando o controle racional das doenças fúngicas da videira e das fruteiras de clima temperado. Para isso, são conduzidas atividades nas áreas de diagnose, patogênese, epidemiologia e manejo integrado utilizando diferentes métodos de controle. Os estudos de manejo de doenças contemplam tanto sistemas de produção convencional, integrada ou orgânico. Análises fitopatológicas externas são executadas esporadicamente para atender demandas de técnicos e produtores.

Equipe: pesquisador Lucas da Ressurreição Garrido, analista Renata Gava e  técnico Léo Antonio Carollo

Responsável: pesquisador Lucas da Ressurreição Garrido

Capacidade/procedimentos analíticos:
- Identificação de fungos fitopatogênicos;
- Manutenção e preservação de fungos patogênicos à videira;
- Testes para o controle de doenças da videira utilizando o controle químico, físico, cultural e ou biológicos em laboratório, casa de vegetação e/ou campos experimentais;
- Estudos epidemiológicos e monitoramento da dispersão de doenças;
- Análise fitopatológica de videira, pêssego, ameixa, caqui e kiwi;
- Testes para melhoria da tecnologia de aplicação.

 

Laboratório de Fitopatologia 2

O Laboratório de Fitopatologia 2 atua na busca pela compreensão dos processos biológicos da interação planta-patógeno e na caracterização parcial dos mecanismos celulares de defesa vegetal, em fruteiras de clima temperado. Trabalha também na avaliação da eficiência de moléculas ou substâncias que reduzem o progresso de doença e no entendimento de seus modos de ação. Para cumprimento desses objetivos, são realizados trabalhos envolvendo experimentos em condições controladas e em campo, Biologia Molecular (técnicas de PCR), Química de Proteínas e Química Analítica. Sempre que possível, esses estudos são feitos em parceria com laboratórios da Unidade, de outras Instituições de Pesquisa e de Ensino Superior.

Equipe: pesquisador Fabio Rossi Cavalcanti, bolsistas e estagiários.

Capacidade/procedimentos analíticos:
- Procedimentos microbiológicos: isolamento, identificação e manutenção de fungos fitopatogênicos;
- Realização de ensaios para avaliação do desempenho e eficiência de substâncias de natureza diversa, no controle de doenças da videira e fruteiras de clima temperado;
- Procedimentos analíticos e bioquímicos (fracionamentos, dosagens, eletroforeses e western blots), moleculares e físico-químicos.

Linhas de Pesquisa:
- Bioquímica, Fisiologia do Parasitismo e caracterização do estresse biótico causado pela interação planta-patógeno;
- Prospecção e estudo de mecanismo em substâncias com capacidade de proteger plantas contra doenças;
- Busca por modelos e alternativas para controle de doenças que proporcionem menor impacto ao meio ambiente e à saúde humana.

Atendimento a demandas:
O laboratório segue o programa de arranjos e portfólios de projetos da Unidade, tendo parcerias com outros institutos de pesquisa e de ensino superior, oferecendo estágios para estudantes de graduação, mestrado e doutorado.

Galeria de Imagens