Projetos

Bancos de Germoplasma de Espécies Florestais

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: Jaques, Luciane C.

A Embrapa Florestas possui uma extensa rede de germoplasma de espécies florestais, tanto exóticas quanto nativas. Dentre as exóticas, destacam-se bancos ativos de germoplasma (BAGs) de pínus, eucalipto, liquidambar, grevílea, acácia, acrocarpus, criptoméria, cupressus, entre outras. Dentre as nativas, destacam-se BAGs de araucária, erva-mate, seringueira, cedro-doce e espinheira-santa, entre outras. Essas espécies foram priorizadas por comporem bancos de germoplasma mantidos no campo há décadas e, muitas delas, são material exclusivo, de importância estratégica para a Embrapa e a sociedade em geral, tanto para uso atual quanto futuro. Apesar desse material genético desempenhar importante papel no sentido de alavancar programas de melhoramento e contribuir para a conservação de recursos genéticos, grandes desafios dificultam a sua conservação e o uso racional. O investimento na manutenção, caracterização, tanto morfológica quanto genética e enriquecimento deve ser constante e de longo prazo para assegurar a viabilidade da conservação e uso atuais e futuros desse material. Pretende-se, com esse projeto, dar continuidade ao trabalho de manutenção, enriquecimento e caracterização destes bancos de germoplasma. O objetivo é enriquecer e manter, de forma organizada, estes BAGs de espécies florestais. Para isso, diversas ações serão realizadas, como a identificação correta dos acessos, manutenção da viabilidade, integridade genética, qualidade e disponibilização dos dados de passaporte, manejo e caracterização através do Sistema Alelo aos usuários dos bancos de germoplasma.

Situação: concluído Data de Início: 01/2016 Data de Finalização: 12/2020

Unidade Lider: Embrapa Florestas

Líder de projeto: Valderes Aparecida de Sousa

Contato: valderes.sousa@embrapa.br

Galeria de imagens