O Pínus

Atualizado: Maio/2020

O gênero Pinus engloba mais de 100 espécies com grande potencial a ser explorado. No Brasil, espécies desse gênero vêm sendo plantadas há mais de um século, tendo sido, inicialmente, introduzidas para fins ornamentais.

Somente a partir da década de 1960 é que se iniciou o plantio de pínus em escala comercial, principalmente nas regiões Sul e Sudeste do País.

A sua madeira é usada, principalmente, pelas indústrias de madeira, de serrados e laminados, de chapas, de resina e de celulose e papel.

Nas décadas de 1970 e 1980, as plantações deste gênero foram as principais fontes de matéria-prima para o desenvolvimento da indústria florestal, abastecendo um mercado altamente diversificado.

 

As espécies de pínus são plantadas em vários países e são valorizadas pelas seguintes características:

  1. madeira de cor clara, variando de branca a amarelada;
     
  2. madeira de fibra longa, apropriada para a fabricação de papel de alta resistência para embalagens, papel de imprensa e outros tipos;
     
  3. possibilidade de extração de resina, em escala comercial, em algumas espécies;
     
  4. rusticidade e tolerância, possibilitando o plantio em solos marginais à agricultura e, assim, agregar valor ao agronegócio com a produção adicional de madeira, formação de cobertura protetora do solo e reconstituição de ambiente propício à recomposição espontânea da vegetação nativa em ambientes degradados;
     
  5. valor ornamental para arborização e paisagismo.

 

 

Publicações | veja mais


 

Em função das restrições do período eleitoral, não estamos exibindo as publicações desta página. Mas você pode consultar o acervo público da Embrapa por meio da nossa ferramenta de busca ou de um dos nossos repositórios de acesso aberto. Saiba mais em https://www.embrapa.br/publicacoes-e-bibliotecas

Perguntas e respostas


1. Qual a origem da árvore chamada pínus?
O pínus é uma espécie originária do hemisfério norte. No Brasil, diversas espécies foram introduzidas há mais de cem anos, trazidas pelos imigrantes europeus. Atualmente, as  . . .
 

2. Existem muitas espécies de pínus?
O gênero Pinus apresenta mais de 100 espécies. No Brasil, foi utilizado inicialmente para fins ornamentais. Somente a partir da década de 1960 é que se iniciou o plantio de pínus  . . .
 

3. Quais os motivos do sucesso do plantio de pínus?
As espécies de pínus são plantadas em vários países e valorizadas pelas seguintes características . . .
 

4.Qual a utilização da madeira de pínus?
A sua madeira é usada, principalmente, pelas indústrias de madeira serrada e laminada, chapas, resina, celulose e papel. Nas décadas de 1970 e 1980, as plantações florestais . . .
 

[+] Leia mais

Aplicativos e Softwares

Aplicativos e Softwares

SisPtaeda, SisPcaribaea, SisPinus-English, SisILPF_Elliottii, SisILPF_Taeda, Planin
Designed by Freepik

Acesse

Soluções Tecnológicas

Soluções Tecnológicas

 

Foto: Sergey Khakimullin

Acesse

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos

 

Foto: Stem List on Unsplash

Acesse

Fotos | clique na imagem para ampliar


Áudios | ver mais


Manejo integrado da vespa-da-madeira