Emprego

Mantida pelo Ministério da Economia, a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) é uma coletânea de dados declaratórios, fornecidos anualmente pelos empregadores de todo o País: pessoas físicas que mantiveram empregados no ano-base, pessoas jurídicas com ou sem empregados, além de órgãos da administração direta e indireta dos governos e filiais, agências, sucursais, representações ou quaisquer outras formas de entidades vinculadas à pessoa jurídica domiciliada no exterior. Foi instituída por meio do Decreto 76.900 de 23 de dezembro de 1975 com o objetivo de fornecer ao governo subsídios para a elaboração das estatísticas de emprego e, com isso, nortear a política laboral.

Dados

Os dados da RAIS foram obtidos a partir da base de microdados que contam com estatísticas desde 1985. Foram consultados os anos de 2013 a 2018, para as seguintes divisões (CNAE) 1: Agricultura, pecuária e serviços relacionados; Pesca e aquicultura; Produção florestal; e Fabricação de produtos alimentícios apenas para os grupos CNAE: Abate e fabricação de produtos de carne; Fabricação de conservas de frutas, legumes e outros vegetais; Fabricação de óleos e gorduras vegetais e animais; Fabricação de outros produtos alimentícios; Laticínios, Moagem e Preservação do pescado e fabricação de produtos do pescado.

A RAIS, sob essa perspectiva, é o retrato do emprego formal no Brasil. Os dados registrados nessa base são agregados segundo a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esta classificação adota uma estrutura hierarquizada de cinco (5) níveis cujo nível superior é a Seção (com 21 elementos), seguido da Divisão (87 elementos), Grupo (285 elementos), Classe (673 elementos) e Sub-classe (1.301 elementos). Para este trabalho, utilizou-se apenas as classificações CNAE descritas ao lado.

Nessa seção apresentam-se as informações agregadas de emprego formal no Matopiba em painéis interativos que permitem múltiplas consultas sobre o tema. O primeiro painel, exibido abaixo, apresenta a evolução histórica (período de 2013 a 2018) da quantidade de vínculos empregatícios existentes na região.

Selecione abaixo a Divisão e Grupo da CNAE de interesse. Para cada seleção, o gráfico representa os totais consolidados de número de vínculos de acordo com cada unidade federativa.

Divisão:

Grupo:

Dados de na Divisão



Associada à essa visão agregada da série histórica por unidade federativa, o painel abaixo mostra a visão territorial dos vínculos empregatícios nos municípios que compõem o Matopiba. Já a tabela exibida ao lado apresenta os valores numéricos registrados para cada município. Selecione abaixo a Classe CNAE e o ano de interesse.


Classe:

Ano:

Dados Territoriais de - Ano



Os dados numéricos e espaciais sobre o emprego formal no Matopiba são relevantes para balizar a avaliação e proposição de políticas públicas e privadas relacionadas ao mundo do trabalho na região. As possibilidades de consulta por diferentes Classes CNAE e em diferentes anos contribuem para análises de gargalos e potencialidades na distribuição das competências e qualificações relacionadas aos empregos e subsidiam a articulação e organização das cadeias produtivas existentes em nível regional. Todos os dados aqui exibidos estão disponíveis para download em diferentes formatos ao selecionar o botão "Baixar" disposto no canto inferior direito dos painéis.


1 Os vínculos empregatícios foram agrupados de acordo com a CNAE de seus empregadores ou de sua atividade econômica (quando se trata de autônomos, profissionais liberais ou empresas individuais) e não de acordo com o caráter do trabalho individualmente realizado. Assim, todos os empregados de uma empresa pertencente à divisão "Agricultura, pecuária e serviços relacionados" serão assim agrupados, mesmo que um ou mais empregados dessa mesma empresa atuem, por exemplo, na área administrativa. Da mesma forma, trabalhadores autônomos ou de serviços terceirizados, manterão a CNAE de seu empregador, ainda que prestem serviços a empresas de outro ramo.