Pular para o conteúdo

Como plantar alho | voltar ao início


Autores: Francisco Vilela Resende, Lenita Lima Haber e Jadir Borges Pinheiro 

Armazenamento do alho-semente

Antes armazenar o alho-semente deve-se realizar uma limpeza e desinfestação rigorosa do armazém, com especial cuidado para restos de alho ou outras aliaceas da safra
anterior, visando à eliminação dos focos de infestação. Algumas pragas e doenças do alho são persistentes durante o armazenamento e facilmente disseminadas pelos bulbos e bubilhos utilizados como alho-semente

As principais doenças que podem estar presentes nos bulbilhos antes do plantio são a podridão-branca (Sclerotium cepivorum) e Fusarium sp. O Penicillium sp. é um fungo
oportunista que infecta o bulbilho-semente durante a vernalização, tornando-o inviável para o plantio. É muito favorecido quando a umidade relativa da câmara fria ultrapassa 70%. O nematoide Ditylenchus dipsaci, o ácaro-do-chochamento, Aceria (Eriophyes) tulipae e as traças (Ephestia (Cadra) cautella, Ephestiaelutella e Plodiainter punctella) também podem comprometer significativamente a qualidade do alho-semente durante o armazenamento. Esses tópicos serão discutidos posteriormente. 

Um tratamento eficiente e barato para pragas de armazenamento consiste na imersão dos bulbilhos em água por quatro horas seguida de outra imersão por mais quatro horas em hipoclorito de sódio a 2,5% (ou água sanitária a 1%). Após o tratamento com o hipoclorito de sódio deve-se colocar os bulbilhos em água corrente por 15 minutos. Este tratamento tem efeito contra fungos, nematoides e ácaros infestantes externos. 

O tratamento do alho-semente deve ser feito somente quando constatada a infestação dos bulbos com as pragas/doenças ou quando for utilizado material de plantio de origem
desconhecida.