Projetos

Implantação do Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Agricultura Orgânica do Distrito Federal

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: FERREIRA, Ana Lucia

A agricultura orgânica apresenta-se como um mercado inovador em decorrência da baixa dependência em relação aos insumos externos, do aumento de valor agregado ao produto e da conservação dos recursos naturais e do meio ambiente. Também cria oportunidades de geração de empregos em comunidades de agricultores familiares e em vários outros segmentos da cadeia produtiva. A demanda por produtos orgânicos cresceu substancialmente nos últimos anos induzida pelo crescente interesse do consumidor em uma alimentação baseada em produtos mais saudáveis e isentos de resíduos. No Distrito Federal, a iniciativa de fortalecimento da agricultura orgânica por meio da organização de fases sensíveis das cadeias produtivas partiu do Sindiorgânicos, entidade representante do produtor orgânico, com a cooperação da Embrapa Hortaliças, SEBRAE, SENAR e EMATER, instituições com interesses comuns à agricultura orgânica. Este projeto é fruto dessa articulação e tem como metas gerais aumentar a eficiência da atividade produtiva, otimizar a viabilidade e a sustentabilidade econômica da atividade e gerar empregos. O objetivo é viabilizar a implantação e consolidação de um Centro de Desenvolvimento da Agricultura Orgânica no Distrito Federal, de modo a: atender às demandas de geração e transferência de tecnologia; incrementar a Pesquisa e Desenvolvimento em áreas específicas de mercado; avaliar espécies de adubos verdes e fontes de adubos orgânicos; testar cultivares e a qualidade pós-colheita de produtos orgânicos; e viabilizar um Centro de Comercialização de Produtos Orgânicos no DF. A caracterização de sistemas de produção e perfil socioeconômico dos produtores e consumidores de produtos orgânicos do Distrito Federal permitirá identificar gargalos e levantar demandas nos sistemas de produção e de comercialização desses produtos, orientando o estabelecimento de ações corretivas, fornecendo subsídios aos produtores para aprimoramento do sistema de produção e para o desenvolvimento de estratégias de comercialização.

Situação: concluído Data de Início: 03/2008 Data de Finalização: 02/2010

Unidade Lider: Embrapa Hortaliças

Líder de projeto: Francisco Vilela Resende

Contato: francisco.resende@embrapa.br

Galeria de imagens