Projetos

Desenvolvimento de duas estratégias inovadoras para o controle de mosca-branca

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: CARVALHO, Henrique Martins Gianvecchio

A mosca-branca é uma das principais pragas da atualidade no Brasil. O inseto causa danos diretos (sucção de seiva, injeção de toxinas e desordens fisiológicas) e indiretos (favorecimento de crescimento de fumagina e transmissão de vírus fitopatogênicos). Os prejuízos começaram a ser relatados a partir da sua entrada no País, que ocorreu provavelmente por uma importação de plantas ornamentais na década de 90. Após essa introdução, o inseto se adaptou muito bem às condições de cultivo brasileiras e se dispersou por todo o País. O principal método de controle é a aplicação de inseticidas químicos. Contudo, a eficácia desses produtos varia de acordo com a fase de vida do inseto, da cultura, do modo de aplicação e da existência de populações de insetos resistentes ao ingrediente ativo. O controle é dificultado devido ao alto custo de aplicação de inseticidas. Atualmente, os prejuízos causados pelo ataque de mosca-branca em feijoeiro e em tomateiro são elevados, obrigando o governo a estabelecer um período de vazio sanitário para reduzir as perdas nessas culturas. Em vista da importância desse inseto para a cadeia agrícola do Brasil, esse projeto foi elaborado para desenvolver duas alternativas de controle de mosca-branca que proporcionem opções de manejo do inseto sem impacto negativo para a natureza e para o homem. A primeira alternativa consiste em buscar vírus entomopatogênicos para o controle biológico da mosca-branca. O segundo objetivo consiste em expressar parte de genes essenciais à mosca-branca em planta utilizando a estratégia de ‘post transcription gene silencing’ (PTGS) baseado em ‘virus induced gene silencing (VIGS)’.

Ecossistema: Região dos Cerrados

Situação: concluído Data de Início: 09/2014 Data de Finalização: 08/2017

Unidade Lider: Embrapa Hortaliças

Líder de projeto: Alice Kazuko Inoue Nagata

Contato: alice.nagata@embrapa.br

Galeria de imagens