Projetos

Desenvolvimento de estratégias não convencionais para o controle de mosca-branca: vírus entomopatogênicos, silenciamento gênico e uso de proteínas tóxicas

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: ARAÚJO, Sebastião José de

A mosca-branca é uma das principais pragas da agricultura no Brasil e no mundo. O principal método de controle consiste na aplicação de inseticidas químicos, com baixa eficiência. O controle é dificultado devido à complexidade do sistema de produção agrícola do Brasil. Em vista da importância desse inseto para a cadeia agrícola nacional, este projeto foi elaborado para construir a base para o desenvolvimento de três métodos de controle alternativos de mosca-branca, que proporcionem opções de manejo do inseto com a exploração das recentes inovações tecnológicas e com o mínimo de impacto negativo ao meio ambiente e ao homem. A primeira estratégia consiste em buscar vírus entomopatogênicos para o controle biológico da mosca-branca. Assim, esse primeiro objetivo consiste em isolar e identificar vírus entomopatogênicos e comprovar a sua patogenicidade. Simultaneamente, vírus fitopatogênicos serão detectados na mosca-branca e caracterizados. A segunda estratégia baseia-se na exploração do fenômeno do ‘post-transcriptional gene silencing’ (PTGS) baseado em ‘virus induced gene silencing (VIGS)’ e expressão transiente. Na terceira estratégia, a ação de peptídeos tóxicos será avaliada em mosca-branca. Uma construção contendo um peptídeo entomotóxico fusionado à capa proteica de vírus fitopatogênico, capaz de transportar o peptídeo aos seus sítios de ação, será produzida e a proteína modificada expressada em leveduras. Os principais resultados esperados para o projeto são a identificação de estirpes (provavelmente novas espécies) de vírus entomopatogênicos e fitopatogênicos e a formação da base para o futuro desenvolvimento de processos de controle de mosca-branca.

Ecossistema: Região dos Cerrados

Situação: concluído Data de Início: 03/2016 Data de Finalização: 02/2020

Unidade Lider: Embrapa Hortaliças

Líder de projeto: Alice Kazuko Inoue Nagata

Contato: alice.nagata@embrapa.br

Galeria de imagens