Projetos

Otimização de sistemas de indexação de vírus em alho

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: RODRIGUES, Paula

Atualmente, identifica-se uma forte demanda para aumento qualitativo e quantitativo da produção do alho nacional, com redução de custo, para que o alho brasileiro seja competitivo no mercado interno, gerando renda ao produtor e ocupando mão de obra, uma vez que a cultura é produzida basicamente por pequenos produtores. Uma das formas de evitar os danos causados por vírus é a obtenção de plantas sadias por cultura de tecidos, a multiplicação em condições que previnam reinfecções em níveis acentuados e o estabelecimento de um sistema eficiente de indexação. As principais espécies de vírus que ocorrem em alho no Brasil já foram sequenciadas e dispomos de “primers” específicos para seis espécies. Com as informações já obtidas, pretende-se o aprimoramento das tecnologias de diagnose de vírus de alho, desenvolvendo antissoros que permitirão estudos epidemiológicos específicos para cada espécie de vírus. Com relação ao sistema de indexação para produção de alho-semente livre de vírus, pretender-se, com as sequências conhecidas, o desenvolvimento de sondas gênero específicas para diagnose em larga escala. Assim, com três sondas, será possível indexar diretamente o material oriundo de cultura de tecidos e também oriundos de bulbilhos aéreos das cultivares nobres, uma vez que a sensibilidade do teste de hibridização com sondas frias é maior que a sorologia.

Situação: concluído Data de Início: 04/2007 Data de Finalização: 03/2009

Unidade Lider: Embrapa Hortaliças

Líder de projeto: Andre Nepomuceno Dusi

Contato: andre.dusi@embrapa.br

Galeria de imagens