A Cultura do Tomate | voltar à página de cultivos


Autores

Clima, umidade e temperatura

Temperatura

A temperatura ótima para germinação das sementes do tomateiro situa-se na faixa dos 15 - 25ºC. Já para o desenvolvimento e produção, o tomateiro suporta ampla variação de temperatura (10 - 34ºC).

A coloração e a firmeza do fruto de tomate também são muito influenciadas por fatores ambientais. Temperaturas muito baixas ou muito altas tendem a reduzir a síntese do licopeno, pimento que confere a típica coloração vermelha do fruto. Além disso, as altas temperaturas são facilitadores de doenças.

Radiação solar e insolação

O desenvolvimento do tomateiro está diretamente relacionado à eficiência com que a planta utiliza a radiação solar, por meio do processo de fotossíntese. Sendo assim, a radiação solar influencia o desenvolvimento da planta como um todo, desde a floração até o crescimento do sistema caulinar. A quantidade de radiação solar deverá ser superior ao limite trófico, que é o limite mínimo para que ocorra o crescimento e desenvolvimento normal da planta. Para o tomateiro, esse nível é relativamente alto - aproximadamente 8,4 MJ.m2.dia-1.

A quantidade de açúcares no tomate também é influenciada pela radiação solar. Baixos níveis de luminosidade na fase de desenvolvimento da planta são responsáveis pela maior incidência de frutos ocos e também pela redução dos açúcares.

Precipitação e umidade

A absorção de água pelo tomateiro é variável durante todo o ciclo da planta. Apesar da necessidade crescente de água durante o estádio vegetativo (fase da planta que antecede o florescimento), níveis elevados de umidade no solo  podem resultar em crescimento da planta sem incremento em produtividade. Já durante a floração e frutificação, estádios mais críticos do tomateiro, o suprimento adequado de água é de extrema importância.