Taro | Também conhecido como inhame

 

O taro, conhecido na região Centro-Sul do Brasil como inhame, é um rizoma rico em carboidratos sendo uma excelente fonte energética. Também é rico em vitaminas do complexo B e sais minerais como cálcio, fósforo e ferro. É uma hortaliça de fácil digestibilidade. Originou-se na Ásia, espalhou-se para a América através da África e vem sendo cultivado há mais de 2.400 anos na Índia e há mais de 2.000 anos no Egito. Pertence à família Arácea, assim como a taioba e o mangarito.

Os tipos mais comuns no mercado brasileiro são o japonês e o chinês. O taro japonês apresenta rizomas grandes (100- 200 g), ovais, com poucos pêlos na casa, enquanto os rizomas de taro chinês são menores, ovais e com ponta afilada como um pião.

Os taros devem estar firmes, sem sinais de brotação, sem áreas amolecidas ou enrugadas e sem sinais de mofo.

Os taros não precisam ser mantidos em geladeira, pois se conservam em condição natural por até 10 semanas, desde que mantidos em local arejado, escuro e seco. Quando colocados em geladeira doméstica, devem ficar na parte inferior, dentro de sacos de plástico, mas por poucos dias. Se houver formação de gotículas de água dentro da embalagem recomenda-se perfurá-la com um garfo.

Para congelar, lave-os bem, descasque-os e cozinhe-os até que fiquem macios. Amasse até formar um purê. Se quiser, acrescente margarina ou manteiga na proporção de 1 colher de chá para cada 1/2 kg de taro e misture bem. Coloque em vasilha de plástico tampado e leve ao congelador, onde pode ser mantido por até 6 meses.

O taro é consumido sem a casca, após cozimento. Para evitar desperdícios, retire a casca bem fina. Se não for utilizado imediatamente, é preciso deixá-lo em uma vasilha com água para que não escureça. O cozimento pode ser feito em água ou no vapor, sempre evitando deixar o produto ao fogo por tempo excessivo, para que não ocorra perda expressiva de vitaminas.

Muito usado em sopas, é saboroso na forma de refogados, saladas, pães, bolos e sobremesas. Também pode ser industrializado na forma de farinha.

Para descongelar deixe-o em temperatura ambiente ou descongele diretamente durante o preparo do prato.


Receitas

Taro glaçado
Nível: fácil

Bolinho frito de taro
Nível: fácil

Taro à bolonhesa
Nível: fácil

Torta de taro com espinafre
Nível: fácil