Programa Integração 360º

 

O novo Plano de Trabalho, chamado “Programa Integração 360º”, contempla as ações estratégicas priorizadas e implantadas na Embrapa Informática Agropecuária em sua nova gestão. Essas ações valorizam o diálogo, as discussões e a interação nos níveis estratégico, tático e operacional da organização, bem como os instrumentos de gestão estratégica da Embrapa: a Agenda de Prioridades da Unidade, o documento Visão 2014-2034 e o VI Plano Diretor da Embrapa (VI PDE), além dos sistemas internos da Empresa.

O Programa Integração 360º possui quatro grandes perspectivas: Visão 360º (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I); Comunica 360º (Comunicação Organizacional); Inova 360º (Transferência de Tecnologia); Gestão 360º (Administração).

1) Visão 360º (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I):
Na perspectiva de PD&I, a Unidade trabalha estabelecendo em sua Agenda de Prioridades meios que viabilizem as soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) para a agricultura, visando contribuir para que as metas estabelecidas no VI PDE (Plano Diretor da Embrapa) sejam alcançadas, além de estar associadas ao macrotemas definidos no documento Visão 2014-2034. O foco do grupo de PD&I da Unidade está em quatro eixos principais: computação científica e automação; modelagem agroambiental e geotecnologias; bioinformática e biologia computacional e sistemas de informação.

2) Comunica 360º (Comunicação Organizacional):
Na Embrapa Informática Agropecuária, utiliza-se a comunicação organizacional estratégica integrada aproximativa, ou seja: estratégica (na qual é possível conhecer e interpretar os diferentes públicos da Unidade); integrada (baseada na convergência construtiva na comunicação interna, administrativa, institucional e mercadológica); aproximativa (a exploração dessa comunicação organizacional será dirigida e estará atenta às especificidades do público).  

3) Inova 360º (Transferência de Tecnologia):
A transferência de tecnologia é parte integrante do processo de inovação. Os trabalhos de transferência de tecnologia da Embrapa Informática Agropecuária levam em consideração os diferentes tipos de resultados, como informações, conhecimentos, processos, produtos e serviços, para diferentes públicos: comunidade científica, pesquisa e ensino, extensão rural, assistência técnica, cooperativas e associações rurais, produtores agrícolas, integradores da cadeia de valor, governos (federal, estadual e municipal), organizações não governamentais e cidadãos.

4) Gestão 360º (Administração):
Os setores administrativos na Embrapa Informática Agropecuária (pessoas, orçamentário e financeiro; patrimônio e suprimento; recursos materiais e infraestrutura) têm atuado de maneira integrada e estratégica.