Infraestrutura de Tecnologia da Informação

 

A Unidade dispõe de um parque computacional de aproximadamente 700 equipamentos de TI que inclui desktops, notebooks, tablets, impressoras, servidores, storagese switches, entre outros. Deste total, dois terços são equipamentos utilizados nas atividades de rotina dos usuários e os demais são equipamentos de alto desempenho responsáveis pelo armazenamento e processamento de dados (servidores e storages) e por prover conectividade na rede (switches). Dessa infraestrutura, 98% utiliza software livre baseado no sistema operacional Ubuntu ou FreeBSD, enquanto os desktops dos usuários se dividem entre sistema operacional livre e proprietário.

Há três salas para realização de treinamentos para os públicos interno e externo, sendo uma delas equipada com 20 microcomputadores, 2 salas de videoconferência para realização de reuniões a distância e uma sala virtual para realizações de conferências via web.

A infraestrutura de rede local dispõe de diversos pontos cabeados que oferecem largura de banda mínima de 1Gbps e backbone de 10Gbps, além de conectividade Wifi que cobre toda a Unidade. Existem dois links para acesso à internet, um de 100Mbps conectado à Rede Acadêmica de São Paulo (ANSP) e o outro de 1Gbps conectado à Rede Comunitária de Ensino e Pesquisa (RedeComep) de Campinas.

A capacidade de armazenamento e processamento é representada pelos gráficos abaixo:

 

Figura 1. Capacidade de Armazenamento (TB) em 2016

 

Figura 2. Capacidade de Processamento em 2016

 

Soluções de TI implementadas no biênio 2015-2016

Dentre as principais soluções que visam oferecer infraestrutura computacional para as áreas de apoio e pesquisa, destacam-se:

  • Infraestrutura computacional para processamento e armazenamento de dados em nuvem própria, composta por 11 nós de processamento de alto desempenho e 244 TB de área de armazenamento que utiliza a tecnologia Openstack.
  • Solução para armazenamento e compartilhamento de dados em nuvem disponível para todos os empregados e colaboradores com capacidade de armazenamento de 25 TB que utiliza a ferramenta OwnCloud
  • Dois clusters de servidores virtuais, o primeiro composto de 7 servidores físicos que hospedam atualmente 84 servidores virtuais e o segundo composto por 4 servidores físicos que hospedam 54 servidores virtuais, que dão apoio à área técnica para o desenvolvimento das atividades de pesquisa.
  • Hospedagem de mais de 120 sites e sistemas web de variados tipos e finalidades, destinados a compartilhar e prover informação e conhecimento à sociedade.
  • Implementação do protocolo IPv6 que possibilita à Unidade o desenvolvimento de pesquisas baseadas no conceito de Internet das Coisas (IoT).
  • Sistemas de segurança digital que visam proteger os dados e informações produzidos.

Vale ressaltar que a maioria das soluções foram pensadas para funcionar de forma redundante a fim de prover maior tempo de disponibilidade dos serviços e permitir a realização de manutenções e evoluções tecnológicas.

Além disso, foi concluído recentemente um projeto para construção de um data center, capaz de hospedar toda a infraestrutura computacional atual e abranger uma eventual expansão a longo prazo.