Metodologia de avaliação consequencial das

emissões de gases de efeito estufa

 

A Unidade desenvolveu metodologia que permite uma avaliação consequencial das emissões de gases de efeito estufa em função da demanda de produto e das taxas de desmatamento, utilizando análise de ciclo de vida consequencial e um modelo de otimização.

Este tipo de análise para a pecuária de corte é inédito no âmbito internacional. A metodologia permite quantificar os efeitos da demanda por produto e do desmatamento sobre a variação dos estoques de carbono no solo e sobre as intensidades de emissão. A partir do desenvolvimento da metodologia, utilizou-se o modelo EAGGLE (Análise Econômica dos Gases de Efeito Estufa das Emissões da Pecuária), desenvolvido pela Embrapa e seus parceiros, como Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Rural da Escócia e Universidade de Edimburgo.