Pesquisa e Desenvolvimento

A Unidade foi criada com a proposta de integrar a Física e outras áreas não tradicionais à agricultura. O Centro de Pesquisa se tornou único por combinar físicos, engenheiros eletrônicos, engenheiros de materiais e de outras áreas das Ciências Exatas, com o conhecimento de agrônomos e veterinários.

Linhas de Pesquisa

Desenvolvimento de sensores e biossensores; filmes, revestimentos comestíveis e embalagens funcionais para alimentos; bionanocompósitos; novos materiais e processos em nanotecnologia e suas aplicações no agronegócio; estudo dos aspectos de segurança em nanotecnologia.

Desenvolvimento e validação de instrumentos e de tecnologias de informação; caracterização, monitoramento e manejo da variabilidade espaço temporal em sistemas de culturas anuais; caracterização, manejo e monitoramento de atributos do solo e da planta em sistemas de produção de plantas perenes e semi-perenes.

Metodologias e equipamentos para determinação das propriedades físicas e químicas do solo; estudos da estabilidade da matéria orgânica no solo; estudos de substâncias húmicas; fertilizantes e condicionadores do solo; metodologias para avaliação do desempenho do plantio direto.

Produção de enzimas para etanol de 2ª geração; instrumentação para avaliação da qualidade de sementes para produção de biodiesel; instrumentação para avaliação da qualidade do biodiesel; processos e fermentadores para produção de enzimas.

Utilização de resíduos agroindustriais e urbanos; sistemas FACE (Free-air CO2 Enrichment); sequestro de C em sistemas plantio direto; impactos da atividade agrícola sobre o meio ambiente; modelos espaciais de uso do solo para estudo de cenários da expansão da cana-de-açúcar.

Hidroconservador para vegetais e frutas; Wiltmeter® - medidor da pressão celular de folhosas; máquina para auxílio à colheita de tomates; máquinas descascadoras de frutos de casca dura como castanha de caju, castanha do Brasil; esfera instrumentada – processos industriais; máquina para classificação de batatas.