Sobre o Labex Estados Unidos

O Programa Labex está completando 20 anos em 2018. O Labex Estados Unidos foi o primeiro dos Laboratórios Virtuais da Embrapa no Exterior. Em duas décadas, o Labex EUA promoveu a cooperação científica em campos como nanotecnologia, sanidade animal, agricultura de precisão, entre outros, com impactos para o setor agropecuário brasileiro.

O Laboratório Virtual da Embrapa no Exterior (Labex) teve início nos Estados Unidos (USA), em 1998. A oportunidade foi viabilizada por um acordo de cooperação com o Agriculture Research Service (ARS), com recursos provenientes do PRODETAB (Projeto de Apoio ao Desenvolvimento de Tecnologia Agropecuária para o Brasil), por meio de empréstimo obtido junto ao Banco Mundial.

Com cerca de 2000 cientistas, o ARS é o instituto de pesquisa agropecuária do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês). Seu objetivo, semelhante àquele da Embrapa, é trazer soluções tecnológicas para os problemas agrícolas do país. Neste contexto, a instituição traz uma série de similaridades com a Embrapa, em termos de missão e desafios, o que torna a cooperação entre as duas instituições altamente estratégica e tem permitido a sinergia no desenvolvimento de suas ações. Desde a implementação do programa, o ARS tem sido o principal parceiro da Embrapa no programa nos EUA. Dentre os objetivos do Labex USA estão consolidar parcerias com equipes científicas de reconhecida competência na fronteira do conhecimento, implementar pesquisas estratégicas de interesse comum e identificar tendências com potenciais benefícios convergentes para o agronegócio do Brasil e dos EUA. Assim, desde 1998, vários pesquisadores da Embrapa passaram pelo Labex Estados Unidos e desenvolveram pesquisas em conjunto com pesquisadores americanos, em áreas como melhoramento e recursos genéticos, sanidade animal, nanotecnologia, biotecnologia, mudanças climáticas, agricultura de precisão, manejo integrado de pragas, entre outras.

A Embrapa também tem recebido pesquisadores sêniores do ARS e do USDA Forest Service para o desenvolvimento de projetos de mútuo interesse, atividades previstas desde o início do Programa.

Contato

Geraldo B. Martha Jr.

Coordenador
Embrapa Labex EUA
Office of International Research Programs (OIRP)
USDA - Agricultural Research Service (ARS)
5601 Sunnyside Ave., Bldg 4-1193
Beltsville, MD 20705 - USA
Telefone: +1-(301)-504-4556
Fax:  +1-(301)-504-4528

E-mails: geraldo.martha@embrapa.br
geraldo.martha@ars.usda.gov
labex.usa@embrapa.br

Marcio Elias Ferreira

Pesquisador
Embrapa Labex EUA
Beltsville Agricultural Research Center
USDA-ARS
Bldg. 006  Rm. 200
10300 Baltimore Ave, 
Beltsville, MD 20705, USA

E-mail: marcio.ferreira@embrapa.br

 

Vídeos


23/05/2018     
Labex - Laboratório Virtual da Embrapa no Exterior
Duração: 25:23"   ¦   167 Visualizações
03/10/2016
Video-Documentary: Changes that transform your life
Duração: 11:11"   ¦   611 Visualizações
03/10/2016
Science that transforms your life - Embrapa's Video
Duração: 4:33"   ¦   410 Visualizações
27/08/2015
Science and Agriculture - Institutional Video
Duração: 4:46"   ¦   1001 Visualizações


Notícias sobre as pesquisas da Embrapa

Pesquisadores identificam genes no sorgo que potencializam a tolerância ao alumínio

Descoberta poderá ajudar no desenvolvimento de plantas mais resistentes a solos ácidos e à seca

Cientistas se baseiam em evidências genéticas e arqueológicas para uma nova versão da história do milho

Artigo publicado na Science conta esforço internacional inédito que envolveu britânicos, norte-americanos e brasileiros

Pesquisadores implementam atividades do Projeto de Cooperação Embrapa - EEFRI na Etiópia

Os pesquisadores da Embrapa Florestas, Patrícia Póvoa de Mattos, Annete Bonnet e Gustavo Ribas Curcio estiveram em missão técnica em Addis Abeba, na Etiópia, de 17 de novembro a 2 de dezembro de...

Infravermelho identifica com precisão e rapidez a qualidade da manga do Vale do São Francisco

Tecnologia NIRS indica a hora certa de colher e revela informações como consistência e doçura da fruta sem destruí-la

Pesquisa estimula plantas cítricas a se adaptarem à seca

Cientistas usam epigenética para que plantas desenvolvam reações de resistência à falta d’água

Filtro feito com bactérias purifica biogás para uso veicular

Tecnologia brasileira remove o gás sulfídrico e gera enxofre fertilizante ao processar dejetos suínos

Sistema com inteligência artificial analisa a qualidade do café em minutos

CoffeeClass usa visão computacional para avaliar a bebida sem precisar prepará-la, apenas “olhando” para o pó

Própolis de abelhas-europeias inibe fungo que ataca milho, citros e tomate

Descoberta abre caminho para desenvolvimento de defensivos naturais e baratos

Pesquisadores criam nanopigmentos magnéticos que atendem diferentes mercados

Tecnologia desenvolvida por parceria público-privada tem aplicações na biologia, medicina, agricultura, veterinária, cosmetologia e muitas outras áreas

Bactérias da Antártica produzem substâncias anticancerígenas

Microrganismos que vivem nas raízes de planta endêmica do Polo Sul têm propriedades contra doenças humanas e vegetais.