Laboratório de Fitopatologia

O Laboratório de Fitopatologia realiza a diagnose de doenças em amostras enviadas por produtores ou de experimentos que estão sendo conduzidos pela Embrapa Mandioca e Fruticultura, assim como são feitas recomendações de controle para as doenças detectadas.

Faz o isolamento e cultivo de fungos de interesse para os trabalhos de pesquisas em desenvolvimento como de agentes para controle biológico. São conduzidos estudos para avaliar a variabilidade de patógenos de interesse agrícola, assim como a resistência a doenças de variedades de interesse comercial e também busca-se novas fontes de resistência para as principais doenças de citros, mandioca e fruteiras tropicais. No laboratório funciona a Clínica Fitopatológica, credenciada junto ao Mapa para realizar análises na área de diagnóstico fitossanitário por meio da Portaria nº 267, de 07/06/2010 - D.O.U nº 108, de 09/06/2010, Seção 1, página 3.

A Clínica Fitopatológica surgiu pela necessidade de atendimento à solicitações de diagnose de doenças de plantas feitas por produtores, extensionistas e pesquisadores. A partir de 1996, a clínica foi estruturada tendo como sua principal atividade diagnosticar a causa do mal funcionamento de células e tecidos das plantas causado por agentes bióticos ou abióticos e suas relações com o meio ambiente.

As amostras são recebidas pelo encarregado ou pelo laboratorista designado e, inicialmente, é feita uma avaliação dos sintomas presentes na planta ou parte dela. Em seguida são anotadas em ficha própria as informações necessárias para identificação e caracterização da amostra.

Em caso de diagnose simples, identifica-se a doença pelos sintomas e anota-se em local determinado da ficha o nome da doença, agente causal e nível de ação de controle constante de um laudo diagnóstico, que é entregue imediatamente. Caso na diagnose surja qualquer dúvida quanto ao agente causal da doença, submete-se a amostra a uma análise completa que inclui exames mais detalhados, como isolamento do agente causal, incubação, repicagem; identificação, por meio de exames microscópicos, e inoculação em casa de vegetação para comprovação da patogenicidade, finalizando com a emissão de um laudo diagnóstico, que pode ser emitido num prazo de oito a 15 dias. O pagamento do serviço é realizado junto ao Posto de Vendas (75 3312-8042), cobrando-se R$ 30,00 por cada amostra simples + laudo e R$ 60,00 para análise completa + laudo. Em caso de necessidade de inspeção em campo, na área da propriedade, cobra-se R$ 30,00 por hora trabalhada ou R$ 160,00 por dia (oito horas de jornada). Os custos não incluem deslocamento e alimentação do técnico designado.
 

Gestor

Hermes Peixoto Santos Filho
Fone: (75) 3312-8038
 

Equipe

Pesquisadores:
Fernando Haddad
Hermes Peixoto Santos Filho
Saulo Alves Santos de Oliveira

Analista:
Leandro de Souza Rocha

Técnico:
Francisco Paulo dos Santos Souza