Livro digital

Formatos de arquivos dos e-books

Existem diversos formatos de e-books disponíveis no mercado, dos quais o ePub e o PDF são os principais.

Formato ePub

O ePub, nome derivado da abreviação de publicação eletrônica no idioma inglês (electronic publication), é internacionalmente reconhecido e bastante recomendado para a edição de e-books.

É um formato de livro digital, aberto, criado por um consórcio de empresas e, portanto, compatível com diversos modelos de equipamentos, como computadores, principais smartphones e tablets do mercado – com exceção do Kindle e seus aplicativos de leitura, que, por decisão de modelo de negócios da Amazon, não leem ePub. Além disso, permite que os livros digitais sejam visualizados e lidos por meio dos principais smartphones do mercado, como o iPhone (Apple), o Droid RAZR (Motorola), o Galaxy Nexus (Samsung) e o Nexus S (Google).

O ePub permite:

  • Maior flexibilidade nos projetos, já que usa um nível mais avançado de html.
  • Fluidez do conteúdo, que possibilita adaptar o texto e o layout às proporções da tela.
  • A leitura do conteúdo por sistemas externos para buscas, bibliometrias e registro do Digital Rights Management (DRM).
  • Redução do tamanho do arquivo, que é proporcionalmente menor que a maioria dos outros formatos de e-book.

A versão 3.0 do ePub, considerada a evolução do ePub 2.0, incorpora várias tecnologias do HTML 5. Entre suas funcionalidades, destacam-se o MathML e a ChemML, para descrição de equações e fórmulas químicas, respectivamente, além da possibilidade de usar Javascript, de reconhecer dispositivo e geolocalização. Mas ainda é um formato pouco usado no mercado.

Na Embrapa, o ePub versão 2.0 é o formato adotado para a produção de e-books.

Formato PDF

Portable Document Format (PDF) é um formato de arquivo usado para exibir e compartilhar documentos de maneira compatível, independentemente de software, hardware ou sistema operacional. Criado pela Adobe, o PDF é um padrão aberto mantido pela International Organization for Standardization (ISO). Sua principal característica é a rigidez do layout, pois mantém a mesma aparência em várias plataformas e dispositivos.

Pode ser criado diretamente do computador ou gerado a partir da digitalização de um documento impresso.

O PDF pode ser digital ou digitalizado e estar ou não on-line. No momento em que se disponibilize sua leitura por meio de site e acesso à internet, ele é digital e on-line.

Se o PDF estiver disponível apenas para download, esse arquivo não pode ser considerado on-line, ou seja, a sua leitura será off-line.