Salvar
SalvarSalv
Salvar
SalvarSalvar

SalvarSalvar

Teresina, a cidade da cajuína

A cidade escolhida para sediar a IV Reunião Nordestina de Ciências do Solo é a capital do Piauí, Teresina, com cerca de 900 mil habitantes. Como não tem praia, a cidade desenvolveu o turismo de eventos e a vida noturna. Ao longo do ano, vários eventos de negócio são desenvolvidos em centros de convenções e na boa rede de hotéis. A cidade tem também o seu lado boêmio.

Bares, restaurantes e casas de show, em todos os bairros, oferecem música de qualidade com a participação de artistas da terra, indo do clássico ao popular. Já é uma rotina diária a cidade oferecer shows musicais, exposições de arte, lançamento de livros, peças de teatro, cinema, feiras e muitas outras opções culturais que complementam a agenda dos visitantes.
Teresina é a capital do calor humano, de permanente amizade e da troca de informações.  A gastronomia é uma de suas fortes atrações. Em cada canto da cidade há um restaurante preparado para conquistar o paladar dos nativos e dos visitantes. As suas raízes gastronômicas estão nos hábitos populares que se perpetuam há décadas. As comidas típicas deixam no ar o cheiro gostoso da galinha caipira, da carne-de-sol, do frito de capote ou dos doces caseiros. Experimente o gosto de Teresina e se surpreenda com uma pitada de saudade na hora da partida.

Cada dia vivido em sua urbanidade deixa uma impressão rara que poucos lugares conseguem construir. A hospitalidade do teresinense é contagiante e faz jus ao ditado popular que diz: “quem bebe das águas do Parnaíba não quer mais ir embora”. Um orgulho do piauiense está na arte de receber bem.

Antiga Vila do Poti, Teresina, foi oficialmente instalada no dia 16 de Agosto de 1852, trazida capital pelo conselheiro Antonio Saraiva, que retirou essa condição primeira do município de Oeiras. Com um traçado geométrico urbano fácil de se trilhar, a cidade foi a primeira capital projetada do Brasil e recebeu o título de “Cidade Verde”, concedido pelo poeta Coelho Neto.
As figueiras, os oitizeiros, as mangueiras e as acácias fazem a sombra de Teresina e amenizam o calor trazido por sua baixa altitude e pela evaporação das águas dos rios Poty e Parnaíba.

Nos meses de terminação “bro” - setembro a dezembro -, o calor é intenso, mas no primeiro semestre a temperatura é agradável, especialmente à noite e cedo da manhã. Mas o que existe mesmo em Teresina é calor humano, por abrigar um povo hospitaleiro.
 

Salvar
Salvar
Salvar
Salvar
Salvar
Salvar

Hotel oficial do evento

Salvar
SalvarSalvarSalvar
SalvarSalvarSalvar
SalvarSalvarSalvarSalvar
Salvar
Salvar