Infraestrutura

A Embrapa Milho e Sorgo ocupa uma área de mais de 1.900 hectares e, das edificações existentes, na Sede, 2.979 m2 são utilizados como escritórios, 8.853 m2 como residências e 4.826 m2 como laboratórios. Diversos galpões, num total de 8.147 m2, são utilizados como garagem, oficinas, depósitos, abrigos de bombas de irrigação e outros. As casas de vegetação ocupam 950 m2, 472 m2 são destinados a auditório e salas de reuniões e 1.763 m2 estão cedidos em comodato (Associação dos Empregados e restaurante).

A Unidade mantém, ainda, o Campo Experimental do Gorutuba, em Porteirinha-MG, recebido em comodato, com 124,5 ha de área experimental e 353 m2 de edificações (uma residência e três galpões).

Merece destaque a infraestrutura de irrigação, com 212,5 ha irrigados por aspersão (74 ha por pivôs e o restante em aspersão convencional) e 40 ha por inundação, na sede, além de 48,4 ha irrigados no Campo Experimental do Gorutuba, sendo 27,9 ha por aspersão convencional, 14,0 ha por sulco e 6,5 ha por inundação.

Essa infraestrutura, além de atender às necessidades da Unidade, presta serviços ao público externo, realizando serviços diversos.

 

Laboratórios

Possui grande infraestrutura de laboratórios em diversas áreas, como: Agroquímica; Bioquímica Molecular; Biologia Molecular; Biologia Celular; Análise de Sementes; Análise Foliar; Composição Centesimal; Fertilidade; Física e Química de Solos; Fertilizantes; Microscopia Ótica e Eletrônica; Ecotoxicologia de Insetos; Manejo de Pragas; Micotoxinas; Microbiologia de Solos; Controle Biológico; Qualidade de Grãos e Forragens; Fitopatologia; Criação de Insetos (Lacri); Manejo de Plantas Daninhas e Dinâmica de Herbicidas.