Apicultura como Estratégia para a Inserção do Desenvolvimento Rural Sustentável em Assentamentos de Corumbá, MS

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: BANDERÓ, Jefferson Luiz

A apicultura é desenvolvida em reduzida escala produtiva nos assentamentos rurais da região de Corumbá, MS. Além disso, há diversos gargalos técnicos e socioeconômicos que limitam a sua consolidação como uma ocupação econômica significativa nesses lotes. As atividades desta proposta serão executadas nos assentamentos rurais Taquaral e Tamarineiro II em algumas das limitações que dificultam o desenvolvimento da apicultura regional e que são: (a) a inexistência de um levantamento da flora apícola disponível ao longo de, no mínimo, três anos consecutivos, bem como a identificação, quando possível, dos recursos fornecidos pelas plantas para as abelhas que permitam a elaboração de um calendário apibotânico para a área estudada; (b) a inexistência de um acompanhamento de como a apicultura se relaciona com os demais sistemas/tipos de produção encontrados e como essa atividade é desenvolvida nessas comunidades, para caracterizar o sistema produtivo adotado e poder contribuir com aperfeiçoamentos ajustáveis às realidades locais; (c) existência nesses assentamentos rurais de apenas um viveiro coletivo para a produção de mudas que apresentem possibilidade de usos múltiplos, sendo inclusive apícolas, nos lotes; (d) a inexistência de uma avaliação do teor e da composição química nas plantas apícolas identificadas na execução dessa proposta. As atividades serão realizadas de forma participativa com a colaboração dos apicultores que residem nesses locais, contando com a colaboração também de bolsistas da Embrapa Pantanal e/ou de integrantes das instituições parceiras. O levantamento de campo referente à flora apícola será realizado num raio de 3 km ao redor dos apiários já existentes nos assentamentos rurais, com a participação dos apicultores, via observações diretas a cada 15 dias, registros fotográficos e coleta de materiais apibotânicos. Muitas espécies de plantas medicinais, aromáticas, condimentares, ruderais, cultivadas ou nativas são visitadas pelas abelhas africanizadas para a coleta de diversos tipos de materiais. Além disso, no âmbito da interação planta/ambiente (efeito atrativo/repulsivo a microrganismos, insetos, vertebrados, plantas, etc.) os metabólitos secundários desempenham um importante papel, garantindo a sobrevivência das espécies no ecossistema. Os assentados rurais participantes deste projeto serão capacitados em dois cursos sobre apicultura, em um sobre produção de mudas e em um sobre extração de óleos essenciais pela Embrapa Pantanal e/ou pelas das instituições parceiras. Dessa forma, este projeto visa contribuir para a inserção do Desenvolvimento Rural Sustentável nos assentamentos rurais da região de Corumbá, MS por meio de ações técnicas e socioeconômicas que tenham na apicultura um elo comum entre todos os atores sociais que interajam nesse projeto.

Galeria de imagens