Notícias

21/03/13 |

Guia orienta sobre boas práticas para uso da água na produção de leite

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Agência de Notícias - Embrapa

Agência de Notícias - Embrapa - Guia orienta sobre boas práticas para uso da água na produção de leite

Guia orienta sobre boas práticas para uso da água na produção de leite

 

No Dia Mundial da Água, a Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos, SP) lança um guia de boas práticas para orientar produtores, técnicos extensionistas e gestores a produzir leite, conservando os recursos hídricos em quantidade e qualidade. O comunicado técnico "Boas práticas hídricas na produção leiteira" possui apenas sete páginas e linguagem simples, com orientações para o manejo ambiental e hídrico da propriedade.

Disponível na internet (www.cppse.embrapa.br/publicacoes-online), a publicação tem como autores os pesquisadores da Embrapa Pecuária Sudeste Alexandre Pedroso, Júlio Cesar Palhares e Luiz Francisco Zafalon, além do professor da Esalq/USP Fernando Campos Mendonça. O lançamento ocorrerá na manhã de sexta-feira (22), durante o seminário "Recursos hídricos - problemas e perspectivas", promovido pela Coordenadora do Meio Ambiente da Prefeitura de São Carlos. O evento será realizado no auditório da Embrapa Instrumentação.

De acordo com Júlio Palhares, faltam informações para produtores e extensionistas sobre o manejo ambiental e hídrico adequado nas propriedades de leite. Para suprir essa lacuna, o guia lista ações para que o público selecione o que é mais adequado à sua realidade.

As boas práticas de produção são um instrumento voluntário ou legal utilizado por vários países do mundo. Porém, segundo Júlio, a cultura de boas práticas no setor agropecuário no Brasil é recente. "Sua utilização é mais comum em cadeias produtivas que têm intensa relação com o mercado externo e, portanto, devem seguir princípios e normas produtivas dos mercados de destino", explica.

A utilização de boas práticas hídricas é o caminho para um produto que considere os valores de segurança dos alimentos e respeito ao meio ambiente, bem como a saúde de humanos e animais. Também permite ao produtor entender a água em suas três dimensões: alimento, insumo produtivo e recurso natural.

Algumas recomendações do guia:

- Avaliar a qualidade da água que os animais bebem com frequência mínima anual;

- Não permitir o consumo da água de rios, córregos, lagos e lagoas de forma direta;

- Atentar para a redução no consumo de água pelos animais, o que pode indicar problemas com a sua qualidade;

- Formular corretamente as dietas para evitar excesso de nutrientes, com consequente excreção excessiva de compostos potencialmente poluentes, como nitrogênio e fósforo;

- Lavar com água potável os equipamentos e utensílios de ordenha, bem como as mãos dos responsáveis;

- Cercar todas as fontes de água e os sistemas de tratamento de resíduos (esterqueiras, lagoas, biodigestores, composteiras) para impedir o acesso de humanos e animais;

- Conhecer todas as fontes de água da propriedade, e possuir a licença ambiental e a outorga de uso da água.

 

Larissa Morais,  (MTb/SP 48218)
larissa.morais@embrapa.br
Telefone: (16) 3411-5625
www.cppse.embrapa.br

 

Embrapa Instrumentação

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/