Responsabilidade Socioambiental

A Embrapa Pecuária Sudeste busca a integração de alunos do ensino fundamental  com o ambiente técnico - científico, com o objetivo de demonstrar pesquisas desenvolvidas na Unidade, além de disseminar conceitos de gestão ambiental. Algumas das ações realizadas na Embrapa Pecuária Sudeste que envolvem a participação de estudantes são:
 
Visitas monitoradas e palestras
 
A Unidade recebe, periodicamente, alunos do ensino fundamental. A faixa etária dos estudantes atendidos pelo programa é de 8 a 13 anos de idade, que corresponde aos alunos do 2º ao 8º ano do Ensino Fundamental de escolas públicas e privadas. As visitas ocorrem de março a junho. Oferece palestras  e visita ao campo sobre temas ligados às pesquisas relizadas na Embrapa Pecuária Sudeste (Sistema de Produção Intensiva de Leite, sistema ILPF e Vitrine de Forrageiras). As palestras podem ocorrer nas escolas. Todas as visitas devem ser agendadas com antecedência, pelo e-mail: pecuaria-sudeste.nco@embrapa.br
 

Orientações:

  • O translado dos participantes é de responsabilidade do solicitante.
  • A visita é acompanhada por empregados da Embrapa, que fazem a apresentação inicial e condução no percurso.
  • Cada visitante deverá levar seu copo, caneca ou sua garrafinha para beber água.
  • Usar roupas leves e adequadas (camiseta, boné, calça comprida e calçado fechado), repelente e protetor solar.
  • Não usar perfume ou algum tipo de produto perfumado.
  • Para pessoas alérgicas à picada de insetos, orientamos o uso de repelente, bem como informar se é usuário de algum medicamento antialérgico. Caso positivo, orientamos trazer o medicamento e a informação da dosagem adequada no caso de necessidade.
  •  Em caso de chuva a visita será cancelada e nova data deverá ser negociada.
  •  A Embrapa não fornece lanche aos visitantes. Portanto fica a critério do grupo ou instituição responsável pelo grupo, a oferta de lanche.

Para que o evento aconteça de forma segura, pedimos que os alunos e professores entrem apenas em áreas contempladas na visita, sem correr, evitando qualquer tipo de incidente.

 

A gestão ambiental trata das práticas adotadas para alcançar a sustentabilidade dos sistemas de produção. Na gestão ambiental, as atividades humanas são organizadas para que causem o menor impacto negativo possível ao ambiente, a fim de que a capacidade de suporte biológico (estrutura e funções) seja mantida. Para isso, alguns aspectos devem ser observados:

    Conservação de solo e da água.

    Conservação da vegetação nativa e do ciclo da água. 

    Redução, reutilização, reciclagem ou descarte adequado de resíduos sólidos, líquidos, gasosos ou radiativos.     

    Redução no uso de substâncias tóxicas ou em quantidades nocivas.

    Utilização de práticas de mitigação ou eliminação de causas de mudanças climáticas.

   Atenuação ou eliminação do consumo excessivo de recursos naturais e de insumos.

A preocupação com a gestão ambiental nos centros de pesquisa da Embrapa cresceu nos últimos anos e passou a ser vista como parte do sistema de gestão global da Empresa.

Na Embrapa Pecuária Sudeste, diversos procedimentos voltados ao desenvolvimento e à consolidação da gestão ambiental são praticados, tais como:

    Educação ambiental - por meio das ações do Embrapa & Escola.

    Gestão de resíduos laboratoriais.

    Gestão de campos experimentais.

    Uso efetivo e gestão integrada de recursos.

    Gestão de áreas protegidas.

    Realização de planos de manejo.