Notícias

11/11/21 |   Pesca e aquicultura  Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Passo a passo, a aquicultura nacional vai se organizando

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: divulgação Embrapa

divulgação Embrapa -

“A aquicultura é uma atividade econômica com muito potencial no Brasil. Embora tenhamos vários desafios a serem superados, estamos vencendo paulatinamente os obstáculos, com pesquisa e tecnologia aplicada”. Assim enxerga Antonio Victor Ferreira Silva, técnico agrícola com formação em Agronegócio e também mestre em Ciência Ambiental e Desenvolvimento Regional.

Ele elogia o esforço da Embrapa na construção e na disponibilização do Sistema de Inteligência Territorial Estratégica (significado de SITE) específico para a aquicultura: “A ferramenta demonstra o nível de excelência mantido pela Embrapa em sua intensa contribuição para o desenvolvimento regional”. 

“Antes de existir o Geoweb SITE Aquicultura, tínhamos muita dificuldade para obter e tratar sistematicamente informações estratégicas. Lembro que na época em que fiz o mestrado, encontrei uma dificuldade enorme na reunião de dados essenciais para a pesquisa acadêmica. Pouco tempo depois, fiz um curso de aperfeiçoamento técnico pelo Senar em parceria com a Embrapa, em que tive a oportunidade de conhecer a ferramenta, o que me oportunizou melhorar consideravelmente minha atuação técnica. Sempre quando busco uma informação, consigo encontrar o que preciso”, continua.

Antonio tem atuação na região Nordeste do Pará, onde está ligado ao Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Além da aquicultura, trabalha com agricultura e é professor. “As principais ferramentas que eu costumo utilizar são os planos de informação, especificamente aqueles relacionados à estrutura da cadeia produtiva para fins de consultoria e a parte de regionalização, bioma e divisão político administrativa, como recurso para embasamento em estudos, planos estratégicos e informações para trabalhos técnicos relacionados ao licenciamento ambiental da atividade”, detalha. 

 

Primeiro SITE sobre cadeia produtiva

O SITE Aquicultura é o primeiro da Embrapa que trata especificamente de uma cadeia produtiva. Até então, o foco era em regiões geográficas (como o Matopiba, área que engloba regiões do Maranhão, do Tocantins, do Piauí e da Bahia) ou em temas como o Cadastro Ambiental Rural (CAR) e a macrologística.

“A equipe se dedicou muito para chegar a um produto capaz de gerar informação relevante e qualificada para o desenvolvimento da aquicultura, que tinha na ausência de dados um grande problema. Essa iniciativa despertou o interesse de outros setores do agro, que já começaram a manifestar o interesse no desenvolvimento de SITEs semelhantes para cadeias específicas”, explica Lucíola Magalhães, chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Territorial (de Campinas, SP). 

O SITE Aquicultura é coordenado pela Embrapa Pesca e Aquicultura (de Palmas, TO). Quem está à frente dos trabalhos é a geógrafa Marta Ummus, para quem “um dos principais objetivos do Geoweb é o de disponibilizar informações espaciais organizadas por temas relevantes sobre a aquicultura no bioma Amazônia”. Ela contextualiza: “Normalmente, os dados sobre aquicultura encontram-se em fontes difusas e são levantados por diferentes métodos, inviabilizando dessa maneira análises sistemáticas em diferentes escalas (locais, regionais e nacionais) e correlações espaciais”. 

E explica que “ao organizar e georreferenciar essas informações, são oferecidas novas possibilidades de análise que incluem as características regionais físicas, ambientais, sociais, econômicas e de infraestrutura, bem como a influência dessas variáveis para o desenvolvimento da atividade aquícola em determinados lugares em detrimento de outros. Por meio das análises espaciais, é possível chegar também ao estabelecimento de zonas ou regiões aptas ou não aptas para a atividade aquícola”. 

 

Vídeo de divulgação do SITE Aquicultura

 

E dessa maneira, identificando, organizando e disponibilizando de maneira fácil e rápida dados e informações confiáveis sobre o setor, a Embrapa vai colaborando para o fortalecimento da aquicultura. O primeiro grande resultado do projeto SITE Aquicultura foi o Geoweb lançado recentemente, em agosto, e que já está sendo utilizado por diferentes atores dessa cadeia produtiva de valor.

Para 2022, a equipe trabalha no lançamento de um aplicativo que também deve facilitar a vida de quem trabalha com aquicultura. Passo a passo, a Embrapa e parceiros vão vencendo desafios e mostrando que o setor tem tudo para ser cada vez mais relevante para o campo brasileiro!

 

 

Live sobre o SITE Aquicultura

Sobre o projeto – O SITE Aquicultura envolve recursos financeiros de três frentes. É um projeto dentro dos 19 que a Embrapa hoje coordena no âmbito do Fundo Amazônia. O Projeto Integrado para a Produção e o Manejo Sustentável do Bioma Amazônia reúne essa quantidade de iniciativas de Unidades da empresa que ficam na área da chamada Amazônia Legal e o SITE Aquicultura é uma dessas iniciativas. Além do Fundo Amazônia, o projeto conta com recursos financeiros do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), por meio do projeto Aquicultura com Tecnologia e Sustentabilidade, o Aquitech.

O esforço da Embrapa em desenvolver um Site para a aquicultura nacional também faz parte do projeto BRS Aqua, que tem pesquisas em diversas áreas técnicas desse setor cada vez mais importante da economia brasileira. O BRS Aqua envolve mais de 20 Unidades e cerca de 270 empregados da Embrapa. De caráter estruturante (sobretudo com relação a campos experimentais e a laboratórios) e com forte investimento em capacitação de recursos humanos especializados (bolsistas e estagiários específicos para a área), o projeto é financiado pelo Fundo Tecnológico do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Funtec / BNDES), pela própria Embrapa e também pela Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SAP / Mapa) – recursos que estão sendo executados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Clenio Araujo (6279/MG)
Embrapa Pesca e Aquicultura

Contatos para a imprensa

Telefone: (63) 99952-5917

Vivian Chies (MTb 42.643/SP)
Embrapa Territorial

Contatos para a imprensa

Telefone: (19) 3211-6200

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

aquiculturafundo-amazoniainteligencia-territorialsite-aquicultura