Fortalecimento da piscicultura como alternativa de renda e diversificação da agricultura familiar no estado de Tocantins

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: PEDROZA FILHO, Manoel Xavier

Nos municípios de Divinópolis e Abreulândia, estado do Tocantins, um grupo de agricultores familiares, por vontade própria e com apoio local, fizeram da piscicultura uma mola propulsora na geração de alimento e renda. A utilização de pequenas barragens (que antes serviam apenas para desedentação do gado) e a construção de tanques escavados proporcionam segurança alimentar e melhoria de renda a muitos agricultores desta microrregião. Apesar dos cultivos ocorrerem nas propriedades desde meados de 2008, com o peixe já fazendo parte da dieta de muitas famílias, identificaram-se demandas relacionadas a questões técnicas dos sistemas de produção e outras voltadas a políticas públicas. Neste sentido, conhecer a realidade é fundamental para o desenvolvimento de tecnologias sociais que permitirão ganhos de produtividade e, consequentemente, aumento de renda e melhoria da segurança alimentar. Diversas instituições de âmbito local, regional e estadual já atuam na região, incentivando a busca pela diversificação de atividades na agricultura familiar, incluindo a piscicultura. Tomando como base uma metodologia participativa, o projeto visa a conhecer a realidade da piscicultura e sua inserção na agricultura familiar a fim de identificar demandas legítimas relacionadas à geração de inovação e políticas públicas. Esperam-se, como resultados, aumento da produtividade, maior aproveitamento dos recursos existentes na propriedade e geração de tecnologias sociais passíveis de aplicação junto a piscicultores familiares de outras regiões do país, tendo como consequência melhoria na renda e segurança alimentar das famílias envolvidas.

Ecossistema: Região dos Cerrados

Situação: concluído Data de Início: 10/2011 Data de Finalização: 02/2015

Unidade Lider: Embrapa Pesca e Aquicultura

Líder de projeto: Manoel Xavier Pedroza Filho

Contato: manoel.pedroza@embrapa.br

Galeria de imagens

Conteúdo relacionado