Filogeografia comparativa entre Pseudoplatystoma corruscans e P. reticulatum (Siluriformes: Pimelodidae) na Bacia do Rio Paraná-Paraguai: bases para programas de conservação e aquicultura

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: CHRISTOFOLETTI, Jefferson

A biodiversidade nos ambientes aquáticos continentais tem sido ameaçada pelos constantes impactos ambientais. A ictiofauna, que corresponde a aproximadamente 25% das espécies de vertebrados existentes, vem sofrendo os efeitos das mudanças ambientais, como poluição, desmatamento, assoreamento, sobrepesca e construção de barragens. A conservação e o manejo da biodiversidade, incluindo a variabilidade genética, devem ser priorizados, já que os peixes têm acentuada importância como fonte de alimento e de geração de riquezas, principalmente com o desenvolvimento expressivo das atividades de piscicultura e, mais recentemente, com a intensiva produção e comercialização de peixes híbridos. No entanto, a estrutura genética das populações de peixes nativos, tanto naturais quanto de cultivo, ainda é pouco conhecida, sendo escassos os estudos nessa área. Considerando que os bagres do gênero Pseudoplatystoma figuram entre as principais espécies de peixes nativos utilizadas na piscicultura brasileira e são dos mais apreciados pela pesca esportiva e de subsistência, identificar a distribuição da variabilidade genética das populações e a composição dos estoques é de fundamental importância para implantação de programas de melhoramento genético e de conservação destas espécies. Nesse sentido, o projeto pretende caracterizar a variabilidade genética e estabelecer as relações filogeográficas comparativas de populações de P. corruscans (popularmente conhecido como pintado) e P. reticulatum (conhecido como cachara) na bacia dos rios Paraná-Paraguai, buscando estabelecer medidas conservacionistas para os estoques naturais. O objetivo geral é fornecer subsídios a programas de conservação e aquicultura através da identificação da variabilidade genética em populações naturais das duas espécies na bacia citada.

Ecossistema: Pantanal, Região dos Cerrados

Região: Sudeste

Situação: concluído Data de Início: 11/2011 Data de Finalização: 10/2013

Unidade Lider: Embrapa Pesca e Aquicultura

Líder do Projeto: Anderson Luis Alves

Contato: anderson.alves@embrapa.br

Galeria de imagens