Gerenciamento hídrico aplicado a entrepostos de pescado

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: TORRESAN, Fabio Enrique

A indústria de pescado apresenta um alto consumo de água que está relacionado à espécie processada, escala de operação e forma de processamento. Esse projeto objetiva, entre outros pontos, estudar o fluxo hídrico desses entrepostos e levantar o consumo mínimo necessário de água utilizada no processamento das principais espécies marinhas e de água doce industrializadas no Brasil. Baseado em três pilares de ação: uso consciente da água, melhor utilização do pescado e aproveitamento dos efluentes e resíduos sólidos, o trabalho engloba entrepostos de quatro estados: Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. Entre os potenciais impactos do projeto, destacam-se: a redução do consumo de água e de energia, diminuição da emissão de poluentes e de resíduos sólidos orgânicos nos efluentes, produção de co-produtos a partir de resíduos e, possivelmente, produção de energia do gás metano gerado em efluentes líquidos e sólidos com alta carga orgânica.

Ecossistema: Äreas Costeiras

Situação: concluído Data de Início: 01/2013 Data de Finalização: 12/2016

Unidade Lider: Embrapa Pesca e Aquicultura

Líder de projeto: Danielle de Bem Luiz

Contato: danielle.luiz@embrapa.br

Galeria de imagens