01/08/09 |   Agricultura familiar

Prosa Rural - Produção de mudas de maracujazeiro

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Agosto/2009 - 1ª semana - Região Norte

Nessa edição do programa Prosa Rural a Embrapa Acre (Rio Branco/AC) apresenta a utilização da enxertia como alternativa ao sistema de produção de mudas de maracujazeiro. A técnica de produção de mudas não é novidade na área de fruticultura, mas, no caso do maracujá, seu uso ainda é reduzido.

A enxertia é uma técnica que permite a produção de mudas sem o uso de sementes. Ao adotá-la, o produtor une duas plantas para formar uma terceira que reúna as boas características daquelas que lhe deram origem. A primeira planta, chamada de cavalo ou de porta-enxerto, vai formar a parte inferior da planta (caule e raízes). A segunda, que é chamada de cavaleiro, vai formar a parte superior da planta (copa e suas folhas).

O pesquisador, Givanildo Roncatto e o analista Lauro Saraiva Lessa, da Embrapa Acre, explicam as vantagens da utilização de espécies nativas de maracujá com porta-enxerto e da espécie comercial como enxerto. Eles acreditam que o uso dessa técnica pode aprimorar a produção de maracujá no país.

Segundo os entrevistados, os resultados obtidos com os experimentos realizados, até o momento, são positivos. A resistência a doenças e a alta produtividade são algumas das vantagens do uso da enxertia. Mas para obter sucesso, o pequeno produtor precisa contar com o auxílio de uma estrutura adequada para a aplicação da técnica, providenciar a proteção das mudas da luz do sol intensa e ainda irrigar a produção.

O Prosa Rural é o programa de rádio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O programa conta com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

 

Região Norte

 

Hugo Soares Kern
Embrapa Acre

Contatos para a imprensa

Telefone: (68) 3212-3272

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

2009