Pular para o conteúdo

Segurança do alimento

O setor pecuário é estratégico para o Brasil uma vez que é fornecedor de alimento de alto valor proteico para os mercados nacional e internacional. Somos o maior produtor comercial e exportador de carne no mundo e essa posição deve-se principalmente à relação entre custo de produção, qualidade e quantidade produzida.

Os aspectos relativos à segurança da carne perpassam todo o sistema de produção, desde o alimento fornecido para o gado até a carne embalada presente nas gôndolas do supermercado. Por isso, é primordial o desenvolvimento de tecnologias associadas à segurança do alimento em toda a cadeia produtiva, englobando a prevenção, detecção, adoção precoce de medidas de controle e erradicação de doenças e de outros problemas relacionados.

São grandes os esforços na busca de novas vacinas, como, por exemplo, contra a brucelose bovina, visando além da eficácia vacinal, a segurança dos manipuladores e do próprio animal vacinado e, principalmente, que seu uso não interfira nos testes diagnósticos utilizados nos atuais programas de controle. Para garantir a segurança do alimento outro aspecto primordial é a disponibilidade de metodologias de diagnóstico rápidas e eficazes, para a detecção de patógenos.

Novo laboratório - Outras frentes de pesquisa serão realizadas por meio do Laboratório Multiusuário de Biossegurança para Pecuária (BIOPEC), inaugurado recentemente, e composto de um conjunto de instalações com moderna infraestrutura preparada para a manipulação de patógenos de alto risco biológico, especialmente os exóticos e aqueles de fácil dispersão (geneticamente modificados ou não) que possam colocar em risco a saúde dos rebanhos e a saúde pública nacional. A estrutura também permitirá a manipulação de príons causadores de encefalopatias espongiformes (vaca-louca e scrapie), de acordo com novas normas de biossegurança, e com as normas técnicas atuais. E contribuirá para colocar o Brasil em posição diferenciada na segurança dos alimentos e das cadeias produtivas pecuárias e, sobretudo para a garantia da soberania alimentar da nação

Soluções tecnológicas

Serviço

O curso capacita médicos-veterinários na realização de diagnóstico de brucelose e tuberculose, bem como na coleta de material para diagnóstico de ...

Serviço

Em janeiro de 2015, a STAR-IDAZ encerrou seu primeiro ciclo com quatro sub-redes estruturadas (Américas, União Europeia, Ásia e África). Em 2015 f...

Metodologia

Método analítico para identificação de resíduos de medicamentos veterinários em leite, carne e sangue de bovinos. Por meio desse método é possível...