Biotecnologia Vegetal

Promotor induzido pela senescência, método de produção de plantas transgênicas contendo o promotor, vetor de expressão e uso.

Descrição da tecnologia: Tecnologia relacionada ao controle e regulação da expressão gênica em células vegetais utilizando promotor P1 induzido pela senescência, que permite a expressão de genes capazes de expressar proteínas envolvidas no melhoramento de plantas, preferencialmente a cana de açúcar. A invenção trata também do método de produção de plantas transgênicas através da inserção de um vetor de expressão gênica compreendendo o referido promotor associado a genes de interesse; compreendendo também o vetor de expressão gênica, plantas transgênicas modificadas por eles e o uso do vetor compreendendo o promotor P1 em combinação com outros genes.

TRL: 4
Nº REGISTRO: 
BR102018073806-2
_____________________

Método para obtenção de sementes de mamoneira sem ricina/RCA, plantas de mamona sem ricina/RCA, método de identificação de plantas de mamona sem ricina/RCA, polinucleotídeos, construções, e usos das mesmas. 

Descrição da tecnologia: Método para obtenção de plantas de mamona sem ricina/RCA através da inserção de construções gênicas em células vegetais, particularmente de mamona, resultando na produção de sementes de mamoneira sem ricina/RCA. Além disso, a tecnologia está relacionada também a plantas de mamona, e partes da mesma, contendo a referida construção gênica. O método se mostrou eficiente para a geração de plantas de mamona sem ricina ou com baixo nível de expressão dessa proteína, permitindo o uso da mamona para produção de tortas detoxificada tanto para alimentação animal quanto para fertilizante, além de permitir a sua produção em países com restrições devido à toxicidade da ricina.

TRL: 5
Nº REGISTRO: 
BR102018073082-7
_____________________

Métodos para detecção e identificação de Curtobacterium flaccumfaciens pv flacumfaciens em uma amostra biológica e Método de certificação de sementes. 

Descrição da tecnologia: Método para processo rápido, específico e sensível para detecção e identificação de C.f. flaccumfaciens, patógeno de sementes de feijoeiro. A detecção é baseada em fragmentos de DNA específicos utilizados em processos de hibridização (radioativos ou não-radioativos) para detecção do patógeno em experimentos de hibridização de colônias ou de extrato de DNA ou como primers de PCR em reações de polimerização em cadeia (PCR). A alta sensibilidade e especificidade destes ensaios e a facilidade com que eles podem ser realizados permitem seu uso para análises de rotina de sementes ou plantas infectadas de feijoeiro.

TRL: 3
Nº REGISTRO: PI9806477-0
_____________________

Método para Identificação e Predição de Função de Peptídeos e Polipeptídeos. 

Descrição da tecnologia: Método para identificação de peptídeos com atividade(s) biológica(s) particular(es) partindo de seqüencias gênicas ou protéicas que podem ou não apresentar a mesma função de seus fragmentos peptídicos. Dessa forma a invenção refere-se principalmente a um método para identificar potenciais atividades biológicas, ou seja, potenciais funções de fragmentos de DNA ou de peptídeos por eles codificados, nativos em organismos alvo ou em partes deles, que podem ser geneticamente engenheirados para expressar um ou mais peptídeos aqui denominados como intragênicos e que se encontram no próprio organismo antes da modificação. A presente invenção vem mostrar que a função de uma proteína pode ser predita a partir de características físico-químicas obtidas da seqüência unidimensional e visualizadas mediante um gráfico tridimensional, tornando a análise muito mais simples e com custos reduzidos. 

TRL: Ativo pré-tecnológico
Nº REGISTRO: PI0506317-5
_____________________

Método para Produção de Plantas Sem Sementes e Construções  Gênicas para Produção de tais Plantas.

Descrição da tecnologia: Método para reduzir a expressão de genes envolvidos na biossíntese de ácido fítico em células eucariótícas, particularmente células vegetais, resultando na produção de frutos sem sementes ou estéreis. Um outro aspecto da invenção está em prover células com genes quiméricos codificando moléculas de RNA sense e antisense compreendendo seqüências de nucleotídeos respectivamente homólogas e complementares a pelo menos parte da seqüência de nucleotídeo do ácido nucléico de interesse. O método da presente invenção mostrou ser uma eficiente ferramenta para a geração de frutos sem sementes ou estéreis tendo importância singular no mercado agrícola mundial, principalmente para a produção de frutas para o consumo in natura.

TRL: Ativo pré-tecnológico
Nº REGISTRO: PI0505832-5
_____________________

Método para Identificação de Biótipos de Bemisia Tabaci, Marcadores Moleculares Biótipo-Específicos e Kit para Detecção e Identificação de Biótipos de B. Tabaci para o Controle Fitossanitário. 

Descrição da tecnologia: Método e kit para identificação de biótipos de Bemisia tabaci, através do emprego de marcadores moleculares biótipo-específicos. A identificação correta e simples proporcionada pelo uso do kit pode ser de grande efetividade na indicação de controle fitossanitário. O uso dessa metodologia/kit permite a emissão mais rápida de laudos quarentenários, uma vez que, reduz o tempo de identificação de biótipos de 36h para 12h, possibilitando a divulgação e a organização de barreiras fitossanitárias em curto intervalo de tempo. 

TRL: 5
Nº REGISTRO: PI0621032-5
_____________________

Método de Biocontrole  de Insetos das Ordens Coleoptera  e Lepdoptera, Baculovírus Recombinante, Polipeptídeo Codificado pelo Baculovírus, Constructo de DNA e Planta Transgênica com Atividade Bioinseticida. 

Descrição da tecnologia: Método e composições para controlar insetos praga das ordens Coleoptera e Lepidóptera compreendendo o baculovírus recombinante e um veículo agriculturalmente aceitável. Proteína recombinante Cry1Ia de Bacillus thuringiensis para controle de insetos das Ordens Coleoptera  e Lepdoptera.  São providos, ainda: construções gênicas compreendendo a molécula da invenção; uma célula transformada compreendendo um ácido nucléico codificante de um polipeptídeo substancialmente idêntico à proteína Cry1Ia de Bacillus thuringiensis; uma planta transgênica tendo incorporado ao seu genoma um ácido nucléico codificante de um polipeptídeo substancialmente idêntico à proteína Cry1Ia de Bacillus thuringiensis; um método para prover uma planta ou parte de planta com um polipeptídeo substancialmente idêntico à proteína Cry1Ia de Bacillus thuringiensis; um método para controlar insetos praga das ordens Coleoptera e Lepidoptera; e uma composição para controlar insetos praga das ordens Lepidoptera e Coleoptera compreendendo o baculovírus recombinante e um veículo agriculturalmente aceitável.

TRL: 4
Nº REGISTRO: PI0601585-9
_____________________

Composições e Métodos para Modificar a Expressão de Genes usando o Promotor do Gene da Proteína de Conjugação à Ubiquitina de Plantas de Soja. 

Descrição da tecnologia: Nova sequência regulatória provida para melhorar a expressão de uma sequência de nucleotídeo, tal como genes estruturais, em plantas, incluindo monocotiledôneas e dicotiledôneas. Mais especificamente, a invenção refere-se a sequências regulatórias de polinucleotideos, isoladas de plantas de soja, que são capazes de iniciar e acionar a transcrição de polinucleotídeos, e ao uso destas sequências regulatórias na modificação de transcrição de polinucleotídeos endógenos e/ou heterólogos e na produção de polipeptídeos. A invenção descreve ainda construções de DNA que contém o promotor do gene da proteína de conjugação à ubiquitina de plantas de soja que está operacionalmente ligado a um gene heterólogo e/ou endógeno. Além disso, a invenção diz respeito ao uso destas construções na forma de vetores de expressão, vetores recombinantes e em plantas, células vegetais ou protoplastos transgênicos. A invenção ainda descreve um método utilizando tais construções contendo o promotor do gene da proteína de conjugação à ubiquitina de plantas de soja para produção de plantas, células vegetais ou protoplastos transgênicos. 

TRL: 5
Nº REGISTRO: PI0701172-5
_____________________

Composições e Métodos para Modificar a Expressão de Genes Usando o Promotor do Gene da Proteína de Conjugação à Ubiquitina de Plantas de Algodoeiro. 

Descrição da tecnologia: Nova seqüência regulatória provida para melhorar a expressão de urna sequência de nucleotídeo, tal como genes estruturais, em plantas, incluindo monocotiledôneas e dicotiledôneas. Mais especificamente a invenção refere-se a sequências regulatórias de polinucleotídeos, isoladas de plantas de algodoeiro, que são capazes de iniciar e acionar a transcrição de polinucleotídeos, e ao uso destas sequências regulatórias na modificação de transcrição de polinucleotídeos endógenos e/ou heterólogos e na produção de polipeptídeos. A invenção descreve ainda construções de DNA que contém o promotor do gene da proteína de conjugação à ubiquitina de plantas de algodoeiro que está operacionalmente ligado a um gene heterólogo e/ou endógeno. Além disso, a invenção diz respeito ao uso destas construções na forma de vetores de expressão, vetores recombinantes e em plantas, células vegetais ou protoplastos transgênicos. A Invenção ainda descreve um método utilizando tais construções contendo o promotor do gene da proteína de conjugação à ubiquitina de plantas de algodoeiro para produção de plantas, células vegetais ou protoplastos transgênicos.

TRL: 5
Nº REGISTRO: PI0701230-6
_____________________

Proteínas da Teia de Aranha Nephilengys Cruentata, Avicularia Juruensis e Parawixia Bistriata Isoladas da Biodiversidade Brasileira. 

Descrição da tecnologia: Moléculas isoladas de ácido nucleico que codificam proteínas da teia de aranha ou  fragmentos das mesmas ou outras derivações das mesmas. A invenção ainda discorre sobre um gene quimérico e um vetor de expressão contendo a molécula isolada de ácido nucleico que codifica para a proteína da teia de aranha de Nephilengys critentata, Avicularia juruensis e Parawix,a bistriata.  Finalmente, a invenção descreve produtos, tais como biofilamentos e composições, utilizando-se da proteína recombinante da presente invenção. A descoberta de novas proteínas da seda de aranhas, bem como sua caracterização e expressão em diferentes sistemas heterólogos será de grande utilidade para inúmeras áreas, como a médica e industrial.

TRL: 3
Nº REGISTRO: PI0701826
_____________________

Proteínas derivadas de genes Cry de Bacillus thuringiensis. 

Descrição da tecnologia: Combinações de proteínas de Bacillus thuringiensis (Bt) são descritas para subsidiar composições inseticidas. Ácidos nucleicos codificando proteínas de Bt e construções gênicas contendo esses ácidos nucleicos também são descritos para transformar plantas de interesse visando produzir plantas transgênicas produzindo tais proteínas inseticidas.

TRL: 4
Nº REGISTRO: PI0823184-2
_____________________

Método para controlar ervas daninhas, molécula de ácido nucleico, planta de soja, par isolado de iniciadores de ácidos nucleicos, kit para a identificação de um evento 127 da molécula de ácido nucleico, métodos para identificar um evento 127 na planta de soja, para identificar uma planta de soja tendo um evento 127 da molécula de ácido nucleico para aumentar o rendimento em uma planta de soja, para a reprodução de uma planta de soja resistente ao herbicida inibidor de ahas, para detectar a presença de um evento 127 da molécula de ácido nucleico em uma amostra biológica, para o cultivo de uma planta de soja, para detectar um evento 127 do polipeptídeo de uma amostra, semente e dispositivo para uso na detecção de moléculas biológicas. 

Descrição da tecnologia: Soja Cultivance resistente a herbicida AHAS - Evento 127. Composições e métodos relacionados com plantas de soja resistentes a herbicidas inibidores de AHAS transgênicos. A invenção ainda diz respeito a um evento 127 de plantas de soja com uma sequência de codificação AHAS mutada que confere tolerância a um herbicida inibidor de AHAS. A caracterização do sítio de inserção genômica do evento 127 proporciona uma eficiência de melhoramento e permite a utilização de marcadores moleculares para rastrear a inserção de transgenes nas populações de soja transgênicas e na sua progênie.

TRL: 7
Nº REGISTRO: PI 1006074-0
_____________________

Molécula de ácido nucléico isolada, construção gênica, vetor, célula transgênica, método para obtenção de uma célula e de uma planta trangênica, polipeptideo isolado e purificado, composição pesticida biodegradável, método para o controle de uma praga, método de obtenção de linhagens transgenicas resistentes a um inseto praga. 

Descrição da tecnologia: Novo composto inseticida derivado de uma linhagem de Bacillus thuringiensis, particularmente ao controle do bicudo-do-algodoeiro - Anthonomus grandis. O objeto da invenção refere-se a um gene que codifica a proteína Cry8Ha para controle do bicudo-do-algodoeiro. Usando o gene aqui descrito, é possível a transformação de plantas, a partir das técnicas conhecidas pelos especialistas na área, para a expressão da endotoxina ativa contra o bicudo-do-algodoeiro.

TRL: 4
Nº REGISTRO: PI0906128-2
_____________________

Sequencia de DNA isolada contendo a região promotora e elementos regulatórios do gene MEC1 que condifica a proteína PT2L4 com expressão na raiz de reserva da mandioca.

Descrição da tecnologia: Sequencia reguladora de expressão de genes. Mais especificamente, a invenção diz respeito a uma região promotora e elementos regulatórios do gene MEC1 que codifica a proteína PT2L4 com expressão na raiz de reserva da mandioca. O polinucleotídeo da presente invenção permite obter cultivares, especialmente cultivares de mandioca, mais adaptadas a estresses ambientais, agentes patogênicos, pragas e pesticidas agroquímicos, com alto valor nutricional e alto valor terapêutico, através da expressão de genes de interesse na raiz.

TRL: 4
Nº REGISTRO: PI1015986-0
_____________________

Utilização do gene Homeobox de café CAHB12 na produção de plantas transgênicas mais tolerantes ao deficit hídrico e estresse salino. 

Descrição da tecnologia: Molécula de DNA, construções gênicas contendo essa molécula e métodos utilizando essa molécula estão relacionados ao melhoramento biotecnológico vegetal de espécies de interesse comercial. Mais especificamente, a presente invenção está relacionada com a produção de plantas transgênicas mais tolerantes ao déficit hídrico e estresse salino, através da expressão de um novo gene de café (sp. Coffea arabica), pertencente à família HD-Zip. A expressão desse fator transcricional é induzida em folhas e raízes de plantas de café submetidas a diferentes condições de déficit hídrico (moderado e severo), e plantas transgênicas super expressando esse gene apresentam uma maior tolerância, tanto a diferentes níveis de seca, quanto a elevadas concentrações de sal.

TRL: 4
Nº REGISTRO: PI1015903-7
_____________________

Mutantes de inibidores de alfa amilases isolados de Phaseolus vulgaris com propriedades de controlar insetos-praga, composições contendo tais mutantes e método de utilização dos mesmo.

Descrição da tecnologia: Controle de insetos-praga, utilizando métodos e composições que compreendem análogos mutantes de inibidores de alfa-amilases (aAIs). Mais especificamente, novas moléculas análogas de mutantes dos aAIs  para o controle de insetos-praga, particularmente o bicudo-do-algodoeiro (Anthonomus grandis), apresentando redução parcial ou total da atividade amilolítica de enzimas digestivas presentes no lúmen intestinal do inseto. A invenção também fornece genes análogos sintéticos, os quais são otimizados para transformação e expressão dos mesmos em plantas de algodão. 

TRL: 4
Nº REGISTRO: PI1102841-6
_____________________

Composições e métodos para modificar a expressão de genes de interesse. 

Descrição da tecnologia: Novo promotor capaz de controlar a expressão de um gene de interesse em tecido específico, no caso o endosperma. A tecnologia proposta favorece a implementação de estratégias que visam o aumento do valor agregado (qualidade nutricional, qualidade organoléptica, vantagens na fase colheita e pós colheita) de sementes em culturas onde o órgão de interesse é o grão. 

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102012008162-8
_____________________

Composições e métodos para modificar a expressão de genes usando promotor de genes específicos de flor e fruto de plantas. 

Descrição da tecnologia: Promotores de expressão de genes específicos em plantas, mais particularmente expressão de genes de interesse em flores e frutos.  A invenção também descreve plantas geneticamente modificadas, bem como um método para modificação da expressão gênica.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102012015992-9
_____________________

Composições e métodos para modificar a expressão de genes usando promotor de genes específicos de flor de plantas.

Descrição da tecnologia: Promotores de expressão de genes específicos em plantas, mais particularmente expressão de genes de interesse em flores. A invenção também descreve plantas geneticamente modificadas, bem como um método para modificação da expressão gênica.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102012015993-7
_____________________

Método e composições para controle genético de insetos-praga em plantas de algodão através do silenciamento de genes da família da quitina sintase.

Descrição da tecnologia: Composição e método de controle de infestação de praga através da inibição ou redução da expressão de genes da família da quitina sintase. A presente invenção é preferencialmente utilizada para plantas de algodoeiro.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102012033539-5
_____________________

Moléculas variantes sintéticas de toxinas Cry1Ia12 com propriedades de controlar insetos-praga, composições contendo tais mutantes e método de utilização dos mesmos. 

Descrição da tecnologia: Moléculas novas a partir do gene Cry1Ia12 com toxicidade melhorada para tornar as plantas de cana-de-açúcar resistentes à broca gigante da cana-de-açúcar, gerando plantas transgênicas, capazes de expressar toxinas com elevada atividade entomotóxica, auxiliando na redução das doses de aplicação de defensivos químicos com redução de custos sociais e ambientais e aumento da produtividade da cultura. 

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102012033542-5
_____________________

Método e composições para controle genético de insetos-praga em plantas de algodão através do silenciamento de genes da família lacase. 

Descrição da tecnologia: Composição de controle de infestação de praga através da inibição ou redução da expressão de genes da família da lacase. A presente invenção é preferencialmente utilizada para plantas de algodoeiro.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102012033506-9
_____________________

Composições e métodos contendo promotor específico de folhas para modificar a expressão de genes de interesse em plantas. 

Descrição da tecnologia: Promotor para expressão de genes específicos em folhas, particularmente do gênero Glycine. As possibilidades de uso da invenção são amplas, destacando a criação de novas cultivares resistentes a doenças e pragas que atacam folhas, expressão de transgenes que aumentem a eficiência fotossintética da planta, guiar a expressão de proteínas de interesse como anticorpos e fármacos que podem ser facilmente isolados a partir de folhas.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102013007201-0
_____________________

Composições e métodos contendo promotor constitutivo para modificar a expressão de genes de interesse em plantas. 

Descrição da tecnologia: Promotor para expressão constitutiva de genes de interesse em plantas, particularmente do gênero Glycine. 

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102013007620-1
_____________________

Cassete de expressão para indução de resistência a múltiplas espécies de nematóides em plantas, métodos e plantas que o utilizam. 

Descrição da tecnologia: Construção gênica contendo promotor UceS ou Uce A controlando a expressão de fragmentos de genes de mais de um nematóide - por exemplo M. incognita e H. glycines - para transformação e indução de resistência simultânea dupla ou múltipla a nematóides em plantas como soja, algodão, cana-de-açúcar e demais mono e dicotiledôneas através de RNA interferente

TRL: 6
Nº REGISTRO: BR112015024341-0
_____________________

Método e composições para controle genético de insetos-praga em plantas por meio do silenciamento de genes da família quitina sintase e da vitelogenina bem como alternativamente pela expressão do gene de uma toxina cry.

Descrição da tecnologia: Composição e método para controle de infestação de praga através da inibição ou redução da expressão de genes da família da quitina sintase e da vitelogenina bem como através da expressão da toxina Cry8ka5. A presente invenção é preferencialmente utilizada para plantas de algodoeiro.

TRL: 3
Nº REGISTRO: BR102013032649-6
_____________________

Método de produzir planta de soja com composição diferenciada de ácidos graxos na semente.

Descrição da tecnologia: Método de produção de plantas de soja modificadas contendo conteúdo aumentado de ácido oleico e reduzido de ácido palmítico. A referida tecnologia agrega valor às cultivares de soja e ao mercado de biodiesel uma vez que a produção de ácido oleico nas plantas de soja irá aumentar com níveis reduzidos de ácido palmítico. A referida tecnologia pode ser aplicada nos seguintes mercados: Bioenergia (biodiesel) e alimentação humana e animal.

TRL: Ativo pré-tecnológico
Nº REGISTRO: BR102015006156-0
_____________________

Planta resistente a praga, método de produção de planta resistente à praga e ácidos nucleicos para transformação de planta.

Descrição da tecnologia: Composição e método para desenvolvimento de plantas resistentes a pragas agrícolas (preferencialmente bactérias Pseudomonas) através do uso do gene da esfingomielinase. A presente invenção refere-se também a moléculas de ácido nucléico, construções e outros agentes associados à manipulação de genes em plantas para resistência a pragas, e a plantas que incorporam tais elementos.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102015029526-0
_____________________

Método de produzir planta resistente a inseto praga, planta resistente a inseto praga, semente de planta e moléculas de ácido nucléico utilizadas para obtenção de tal planta. 

Descrição da tecnologia: Novo e inventivo método de produção de plantas resistentes a inseto praga, especialmente a mosca branca. A invenção ainda provê moléculas, construções de ácido nucléico e outros elementos que se referem à indução de maior resistência da planta ao inseto praga, preferencialmente a mosca branca. Também é provida a planta que incorpora tais elementos, assim como método de controle de praga utilizando moléculas em diferentes formas de apresentação. 

TRL: 5
Nº REGISTRO: BR102016013023-9
_____________________

Método de produção de planta com tolerância a estrese abiótico, planta com biomassa aumentada e/ou com pólen tolerante à dessecação, e moléculas para uso em transformação de plantas.

Descrição da tecnologia: Novo e inventivo método de produção de plantas com tolerância aumentada a estresse hídrico que podem apresentar biomassa aumentada e/ou pólen resistente à dessecação.  A invenção ainda provê moléculas, construções de ácido nucléico e outros elementos que se referem à introdução de gene modificado para obtenção da referida planta. Também é provida planta que incorpora tais elementos, suas partes e plantas de sua progênie.

TRL: 5
Nº REGISTRO: BR102016021788-1
_____________________

Aumento da eficácia de supressão de expressão de genes por meio do uso de moléculas de RNA com estrutura estabilizada. 

Descrição da tecnologia: Novo e inventivo método de construção de moléculas de ácido nucléico estruturadas com o objetivo de aumentar sua estabilidade e sua eficiência na supressão da expressão de genes alvo em diferentes organismos, provendo detalhes que direcionam sua execução. A invenção ainda provê moléculas de ácido nucléico e outros elementos, assim como plantas que incorporem tais elementos, demonstrando sua efetividade no controle de diferentes espécies de pragas agrícolas e ilustrando uma das diversas possibilidades de aplicação.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102017006904-4
_____________________

Método para produção de plantas com tolerância a estresse abiótico e com resistência a pragas. 

Descrição da tecnologia: Método  e construção gênica para produção de plantas com resistência a pragas e tolerância a estresse abióticos, mais especificamente com resistência ao nematoide das galhas e tolerância a estresse hídrico através do uso do gene da expansina–like  B  (EXLB) de Arachis.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR102018003666-1
_____________________

Composições e métodos para modificar a expressão de genes usando promotor de soja induzível por déficit hídrico em plantas. 

Descrição da tecnologia: Sequência regulatória capaz de modificar a expressão de um ou mais genes de interesse em folhas e raízes de plantas, principalmente em soja, bem como para produção de indivíduos geneticamente modificados que sejam capazes de tolerar à seca. Mais especificamente, esta invenção refere-se um novo promotor de soja, que pode ser usada para controlar a expressão da sequência codificadora de genes de interesse que confiram tolerância ao déficit hídrico, somente no momento em que as plantas transformadas sejam submetidas a condições de estresse, evitando a expressão constitutiva do transgene e gastos energéticos desnecessários. Neste contexto, esta tecnologia pode ser aplicada para o desenvolvimento e produção biotecnológica de cultivares, especialmente cultivares de soja, mais tolerantes à seca, sem prejuízo para o desenvolvimento vegetal e sua produtividade.

TRL: 5
Nº REGISTRO: BR102018003769-2
_____________________

Método de regulação da expressão gênica, método de produzir uma célula transgênica, cassetes de expressão, vetores de expressão gênica, módulo de alteração do perfil da expressão gênica e seu uso. 

Descrição da tecnologia: Construção e método de controle e regulação da expressão gênica em células eucarióticas usando ácidos nucleicos de recombinases, ainda mais especificamente serina-integrases, para a ativação da expressão de genes de interesse. Para tal, são providos métodos, sequências e construções para adoção de serina-integrases na regulação da expressão de genes heterólogos em células eucarióticas, na forma de biocircuitos lógicos.

TRL: 3
Nº REGISTRO: BR102018011807-2
_____________________