Insumo Tecnológico Animal

Peptídeos antibióticos da família das phylloseptinas isolados da secreção da pele de Phylloseptina hypocondrialis e composição antimicrobiana relacionada. 

Descrição da tecnologia: Peptídeos antimicrobianos que podem ser usados em composições para retardar fitopatógenos e para proteger as plantas de patógenos, compreendendo pelo menos um peptídeo antibiótico e um veículo agronomicamente aceitável. Pode prover composições terapêuticas adequadas ao uso humano, veterinário ou farmacêutico, compreendendo um ou mais peptídeos revelados nesta invenção e um veículo farmacológico adequado.

TRL: 4
Nº REGISTRO: PI0104510-5
_____________________

Método para Detecção de Proteínas de Origem Animal em Misturas Complexas.

Descrição da tecnologia: Método para avaliar a qualidade de rações para ruminantes e evitar, por conseguinte a transmissão de TSE(s) pela detecção de proteínas de origem animal nestes alimentos através de um método para detecção de proteína de origem animal em misturas complexas. A presente invenção contempla o uso desse método na detecção de proteína de origem animal em rações visando o controle de encefalopatias espongiformes transmissíveis, particularmente a encefalopatia espongiforme bovina (BSE).

TRL: Ativo pré-tecnológico
Nº REGISTRO: PI0200690-1
_____________________

Método para Identificação e Predição de Função de Peptídeos e Polipeptídeos.

Descrição da tecnologia: Método para identificação de peptídeos com atividade(s) biológica(s) particular(es) partindo de seqüencias gênicas ou protéicas que podem ou não apresentar a mesma função de seus fragmentos peptídicos. Dessa forma a invenção refere-se principalmente a um método para identificar potenciais atividades biológicas, ou seja, potenciais funções de fragmentos de DNA ou de peptídeos por eles codificados, nativos em organismos alvo ou em partes deles, que podem ser geneticamente engenheirados para expressar um ou mais peptídeos aqui denominados como intragênicos e que se encontram no próprio organismo antes da modificação. A presente invenção vem mostrar que a função de uma proteína pode ser predita a partir de características físico-químicas obtidas da seqüência unidimensional e visualizadas mediante um gráfico tridimensional, tornando a análise muito mais simples e com custos reduzidos. 

TRL: Ativo pré-tecnológico
Nº REGISTRO: PI0506317-5
____________________

Produção de Antígeno Multiepítopo do Vírus da Dengue, Método de Obtenção em Plasmídeos para Transformação de Cloroplasto e Uso Desses Peptídeos para Detecção da Dengue.

Descrição da tecnologia: Processo de produção de antígeno multiepítopos do vírus da Dengue, originado pela junção de epítopos de uma região da proteína E do vírus da Dengue, que abrange os domínios I e II da mesma.

TRL: 5
Nº REGISTRO: BR1020130272884
_____________________

Composição farmacêutica baseada no composto 2-[[5-butilsulfanil-4-(2-feniletil)-1,2,4-triazol-3-il]metilsulfanil]-4,6-dimetilpirimidina e seu uso na preparação de um medicamento para o tratamento de infecções causadas por micro-organismos do gênero paracoccidioides spp.

Descrição da tecnologia: Composição farmacêutica e seu uso no tratamento de infecções causadas por fungos. Mais especificamente, a presente invenção trata-se de uma composição farmacêutica que compreende o composto 2-[[5-butilsulfanil-4-(2-feniletil)-1,2,4- triazol-3-il]metilsulfanil]-4,6-dimetilpirimidina (dimetilpirimidina-SMTS), que é útil no tratamento de infecções causadas por fungos do gênero Paracoccidioides spp em humanos. Adicionalmente a presente invenção descreve o uso da composição, e do composto dimetilpirimidina-SMTS na formulação de um medicamento, aditivo, agente ou formulação útil também no tratamento de paracoccidioidomicoses. compreendendo o baculovírus recombinante e um veículo agriculturalmente aceitável.

TRL: 3
Nº REGISTRO: BR1020130329851
____________________

Composição farmacêutica baseada no composto [2-benzenosulfonil-4-(tolueno-4-sulfonil)-tiazol-5-il]-furan-2-ilmetil-amina e seu uso na preparação de um medicamento para o tratamento de infecções causadas por micro-organismos do gênero paracoccidioides spp.

Descrição da tecnologia: Composição farmacêutica e seu uso no tratamento de infecções causadas por fungos. Mais especificamente, a presente invenção trata-se de uma composição farmacêutica que compreende o composto [2-benzenosulfonil-4-(toiueno-4-sulfonil)- tiazol-5-il]-furan-2-ilmetil-amina (FAT- dissulfonil), que é útil no tratamento de infecções causadas por fungos do gênero Paracoccidioides spp em humanos. Adicionalmente a presente invenção descreve o uso da composição, e do composto FAT-dissulfonil na formulação de um medicamento, aditivo, agente ou formulação útil também no tratamento de paracoccidioidomicoses.

TRL: 3
Nº REGISTRO: BR1020130329843
____________________

Composição farmacêutica baseada no composto 2-[4-alil-5-(3-cloro-benzo[b]tiofen-2-il)-4h-[1,2,4]triazol-3-ilsulfanil]-n-(3-morfolin-4-il-propil)-acetamida e seu uso na preparação de um medicamento para o tratamento de infecções causadas por micro-organismos do gênero paracoccidioides spp.

Descrição da tecnologia: Composição farmacêutica e seu uso no tratamento de infecções causadas por fungos. Mais especificamente, a presente invenção trata-se de uma composição farmacêutica que compreende o composto 2-[4-alil-5-(3-cloro-benzo[b]tiofen-2-il)-4h-[1,2,4]triazol-3-ilsulfanil]-n-(3-morfolin-4-il-propil)-acetamida (morfolina-BTTA), que é útil no tratamento de infecções causadas por fungos do gênero Paracoccidioides spp em humanos. Adicionalmente a presente invenção descreve o uso da composição, e do composto morfolina-BTTA na formulação de um medicamento, aditivo, agente ou formulação útil também no tratamento de paracoccidioidomicoses.

TRL: 3
Nº REGISTRO: BR1020130329835
_____________________

Peptídeos Opióides.

Descrição da tecnologia: Peptídeo opioide representado pela fórmula geral TyrGlyGly-X1-X2-X3-X4 onde: X1 é representado por Thr ou Glu; X2 é representado por Gly ou Thr ou Ala; X3 é representado por Ala ou Val ou Gly ou Glu; e X4 é representado por His ou Gln ou Thr ou SEQ ID NO: 1, ou HisTyr ou GlnTyr ou ThrTyr. A invenção também se refere a composições farmacêuticas e alimentícias compreendendo o peptídeo bem como ao uso das mesmas no provimento de analgesia e/ou sensação de saciedade em um indivíduo.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR1020140203524
_____________________

Peptídeos Opióides.

Descrição da tecnologia: Peptídeo opioide representado pela fórmula geral TyrProPhe-Xl-TrpGlyGly-X2-ProPro onde: X1 é representado por Gly ou Lys; X2 é representado por Ile ou Val. A invenção também se refere a composições farmacêuticas, alimentícias e nutracêuticas compreendendo o peptídeo bem como ao uso das mesmas no provimento de analgesia e/ou sensação de saciedade e/ou diminuição da pressão arterial em um indivíduo.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR1020140203486
____________________

Peptídeo Modificado de  Peçonha de Vespa Social e seu Uso como Analgésico.

Descrição da tecnologia: Peptídeo neuroativo derivado de peçonha de vespas, preferencialmente da espécie Parachatergus fraternus, a partir da Protonectina, a qual foi modificada para se alcançar um composto mais estável e de atividade mais potente, a Protonectina-F. A proposta da invenção é de se desenvolver um fármaco capaz de produzir resposta analgésica dose-dependente, com resultados comparáveis aos da morfina e sem os efeitos adversos que este composto promove no paciente durante o tratamento da dor crônica. Este peptideo não apresenta atividade hemolítica e não induz descoordenação motora nas doses efetivas.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR1020140205101
_____________________

Peptídeos inibidores de serinopeptidase modificados de peçonha de escorpião, seu processo de obtenção e uso.

Descrição da tecnologia: Tecnologia com potente atividade inibidora de tripsina, através de peptídeos modificados da peçonha de escorpião usados para aplicações terapêuticas, como antirretrovirais, antitumorais ou sondas. O tamanho reduzido dos peptídeos, em comparação à maioria dos inibidores de peptidases descritos de peçonhas animais, confere menor custo de síntese. Os peptídeos possuem elevada estabilidade química e térmica, sendo apropriados para utilização industrial ou farmacêutica nas quais diferentes condições de pH e temperatura são necessárias. A atividade inibidora de tripsina somada à ausência de citotoxicidade em fibroblastos, baixa atividade em canais de K+ e a não ocorrência de alterações comportamentais os tornam atrativos para aplicações terapêuticas.

TRL: 4
Nº REGISTRO: BR1020170133621
_____________________