Rede de inovação em reprodução animal

Projetos Componentes

Uma visão geral dos projetos componentes da rede

Esse projeto visa ordenar de maneira mais eficiente as diferentes ações de pesquisa, desenvolvimento e inovação, associadas às novas tecnologias de reprodução assistida, incluindo áreas correlatas, envolvendo o germoplasma animal. Desta forma, a proposta busca ampliar atividades desenvolvidas com parceiros de diferentes áreas, explorar melhor aspectos multi-disciplinares e, principalmente, desenvolver estratégias capazes de contribuir para aumentar a competitividade da pecuária brasileira. A proposta inclui as áreas do conhecimento: reprodução, genética, sanidade e nutrição. É composta por 10 projetos componentes, que no seu conjunto abordam os apectos de Pesquisa & Desenvolvimento e Inovação.

Os projetos componentes Qualidade de Gametas (PC04), Produção de Embriões (PC05), Produção de Clones (PC06) e Produção de Animais Transgênicos (PC07) constituem um Núcleo de Biologia Avançado que esta fortemente associado ao PC Nutrição(PC03) e Segurança sanitária do sêmen, ovócito e embrião (PC02), como "receptor" de informações e como "fornecedor" de conhecimento com os PCs Recursos Genéticos/Melhoramento (PC08) e o Validação de Tecnologias/Produtos (PC09). O PC10 Inovação é o instrumento de articulação da Rede com o setor produtivo e por isso perpassa todos os demais PCs com exceção do PC Gestão, que este sim articula e monitora toda a Rede. Entre todos os PCs existe uma troca de infromações e interdependência técnica, embora aluguns possam fornecer/receber mais do que os outros. A Inovação foca a capacitação de recursos humanos e a inserção das tecnologias geradas/adaptadas nas diversas cadeias produtivas.

A criopreservação, as espécies e as ações de biologia molecular são ações transversais. Ações complementares as aqui propostas, poderão ser incluidas a medida que a Rede consiga estabelecer novas parcerias e captar recursos financeiros adicionais.