Responsabilidade Socioambiental

Comunicação, ciência e cidadania

Caminho Sustentável: diversão e ciência em prol
da educação ambiental na capital federal

O Caminho Sustentável da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia é uma iniciativa inovadora, coordenada pelo Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO), que oferece ao público em geral, especialmente à comunidade estudantil, a possibilidade de conhecer tecnologias desenvolvidas pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia distribuídas pelas várias estações que compõem o percurso, de forma lúdica e atraente. O objetivo é aproximar os visitantes do universo científico sob uma perspectiva sustentável, além de despertar nos estudantes o interesse e a vocação científica.

Trilha do Caminho Sustentável

Dra. Arailde Urbes recebe alunos em visita à Trilha do Caminho Sustentável.
Foto: Claudio Bezerra/NCO

Em 2013, o Caminho Sustentável recebeu a visita de mais de mil estudantes de cerca de 10 escolas públicas e privadas do Distrito Federal nos meses de setembro e outubro. Em 2014, o projeto retomou as suas atividades no mês de setembro, com aporte financeiro da Secom através do PIC (Planejamento Integrado de Comunicação). A previsão é de visitas de aproximadamente dez escolas, totalizando cerca de 800 alunos.

O percurso: informação, entretenimento e sustentabilidade

1ª estação: peça de teatro "A Arca de Noé da Embrapa: A linguagem teatral é usada para facilitar a compreensão do público sobre as pesquisas de conservação e uso sustentável desenvolvidas pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia em prol da segurança alimentar das gerações atuais e futuras.

Crianças em visita a laboratório da Embrapa. Foto: Claudio Bezerra/NCO

Assim como Noé enfrentou o dilúvio para salvar os animais, os cientistas da Embrapa, os Noés modernos, correm contra o tempo para salvar plantas, animais e microrganismos de interesse para a pesquisa agropecuária brasileira de outros problemas que ameaçam a biosiversidade, como: seca, desmatamentos, queimadas e mudanças climáticas.

2ª estação: Quiosque da tecnologia

Depois do teatro, os visitantes seguem para o "Quiosque da Tecnologia", onde está montada uma exposição de algumas tecnologias da Unidade. Lá, eles assistem a apresentações dos pesquisadores, analistas e técnicos da Unidade sobre controle biológico de pragas; conservação de plantas in vitro e conservação de sementes.

Jardim de cheiros

A próxima parada é o Jardim de Cheiros, onde é possível sentir os aromas e texturas de plantas aromáticas, condimentares e medicinais.

Bosque do Cerrado

Depois, os visitantes seguem para o Bosque do Cerrado, onde plantam uma árvore representativa deste bioma.

Trilha ecológica

Nesta trilha, o público conhece as coleções de banana, abacaxi, eucalipto e de plantas medicinais da Unidade, além dos testes de campo com feromônios para controle de percevejos-praga da soja.

Mas, muito além das pesquisas que conhecem ao longo do percurso, a trilha ecológica permite aos visitantes uma oportunidade rara: caminhar em meio a uma mata nativa e preservada em plena capital federal.

Xadrez sustentável

Por fim, os visitantes participam do "Xadrez sustentável", uma proposta lúdica de apresentação desse jogo, na qual o tabuleiro é pintado no chão e as peças são feitas de garrafa pet. Essa proposta inovadora foi elaborada por professores e alunos do Instituto Federal de Brasília, campus Planaltina.

Caminho Sustentável desperta vocação científica

Todas essas atividades têm um objetivo em comum: apresentar a ciência e da tecnologia para o público estudantil, com o objetivo de aumentar a compreensão sobre a pesquisa agropecuária, popularizar e despertar a vocação científica.

Como o objetivo do projeto é fazer com que o conteúdo científico seja efetivamente compreendido e trabalhado em sala de aula, são entregues aos visitantes materiais impressos sobre a trilha e as pesquisas da Embrapa. Nesse material, consta também uma avaliação a ser preenchida pelos alunos e professores para que o Caminho Sustentável possa ser cada vez mais efetivo.