Publicações

Cultivo da Macieira "Princesa" na Serra da Ibiapaba, Ceará

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: LOPES, P. R. C.; SARMENTO, D. H. A.; OLIVEIRA, I. V. de M.; ASSIS, J. S. de; MATOS, R. R. S. da S.; OLIVEIRA, J. E. de M.

Resumo: O Estado do Ceará vem se destacando nacional e internacionalmente na produção de frutas de qualidade, ocupando, hoje, o terceiro lugar nas exportações nordestinas, sendo as culturas do meloeiro (Cucumis melo L.) e da bananeira (Musa spp.) as atualmente mais exploradas e em fase de expansão. Em Tianguá, CE, a Embrapa Semiárido, em parceria com o Banco do Nordeste/Etene, Univale, Adece e Sebrae, iniciou atividades de pesquisa com as culturas da macieira (Malus domestica Borkh.), pereira (Pyrus communis L.) e caquizeiro (Diospyros kaki), com o objetivo de encontrar alternativas de cultivo para as áreas irrigadas. No Brasil, o cultivo de fruteiras de clima temperado é uma atividade restrita às regiões Sul e Sudeste por causa das limitações climáticas de outras regiões. Nas zonas de altitude da região Nordeste, no Município de Ibicoara, no Estado da Bahia, a 1.100 metros de altitude, algumas empresas começaram a cultivar a macieira em escala comercial com bons resultados (SILVA, 2013). Em Petrolina, PE, a Embrapa Semiárido, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), iniciou atividades de pesquisa com a cultura da macieira em 2007 e os resultados de produtividade e qualidade de frutos obtidos até o momento são promissores. A produção brasileira de maçãs aumentou significativamente desde o início da década de 1970, permitindo ao Brasil passar de importador a exportador (FIORAVANÇO, 2009). Para Gonçalves et al. (1996), o aumento da produção demonstra a capacidade do setor de gerar vantagens competitivas, superando obstáculos de ordem tecnológica, econômica e de organização empresarial, imprescindíveis no segmento de frutas frescas. De acordo com Perez (2006), a possibilidade de substituição de importações e ampliação do mercado interno e da conquista de mercado externo foi resultado da qualidade dos produtos e pela competitividade. O objetivo desta publicação é apresentar os resultados do comportamento da macieira ?Princesa?, cultivada na Serra da Ibiapaba, no Município de Tianguá, CE, no com o objetivo de torná-la conhecida e, ao mesmo tempo, ofertar aos produtores informações capazes de subsidiar na decisão para a implantação de pomares comerciais.

Ano de publicação: 2016

Tipo de publicação: Folhetos