1. Coordenar e apoiar a elaboração e atualização do Plano Diretor da Embrapa e das Agendas de Prioridades das suas unidades, alinhados à missão e visão institucional;
  2. Desenvolver e promover estudos e articular ações que visem o aprimoramento institucional, e a melhoria na gestão da Empresa;
  3. Orientar as unidades e promover ações necessárias à gestão e melhoria de processos na Embrapa;
  4. Coordenar, monitorar e avaliar a definição e ajustes na estrutura organizacional das Unidades Centrais - UCs e Descentralizadas - UDs;
  5. Coordenar o planejamento, acompanhamento e a avaliação do desempenho institucional da Embrapa;
  6. Promover o aprimoramento metodológico e a realização de estudos sobre a adoção e os impactos dos produtos, tecnologias e serviços da Embrapa;
  7. Promover e apoiar o processo de melhoria contínua da qualidade dos estudos e dos métodos quantitativos, computação científica e de análise econômica e social;
  8. Coordenar o processo de gestão de riscos da Empresa e sua medição, em articulação com as unidades centrais e descentralizadas;
  9. Coordenar o processo de implantação da política de segurança da informação da Embrapa, incluindo a coordenação e orientação do processo de elaboração de normativos, modelos, planos e ações corporativas de segurança da informação; e
  10. Participar, em articulação com o Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento – DPD, do gerenciamento do Sistema Embrapa de Gestão – SEG, especificamente no tocante ao Macroprograma-5 de Desenvolvimento Institucional.

  1. Elaborar, acompanhar e atualizar continuamente o Plano Diretor da Embrapa, em articulação com as unidades da Embrapa;
  2. Coordenar e apoiar o processo de elaboração, o acompanhamento e a atualização contínua das Agendas de Prioridades das Unidades;
  3. Coordenar a elaboração do Plano Plurianual – PPA da Embrapa, acompanhar a sua implementação e elaborar os relatórios pertinentes; e
  4. Assessorar a DE na análise e negociação das metas das unidades, em consonância com o Plano Diretor da Embrapa e as Agendas de Prioridades.

  1. Identificar demandas, promover estudos organizacionais e propor estratégias voltadas para a melhoria da gestão e do modelo de organização da Embrapa;
  2. Promover a articulação e a integração das ações de desenvolvimento institucional e de gestão, de interesse corporativo, propostas e em execução no âmbito da Empresa;
  3. Promover a identificação e o compartilhamento de conhecimentos, processos e das boas práticas de gestão;
  4. Coordenar a definição e atualização da estrutura organizacional da Embrapa e de suas unidades, com seus respectivos regimentos internos;
  5. Coordenar, orientar e promover ações necessárias à gestão e melhoria de processos na Embrapa; e
  6. Gerenciar as informações que e coordenar a elaboração de relatórios de gestão demandados por órgãos federais de supervisão e controle.

  1. Acompanhar e avaliar o desempenho da Embrapa e de suas unidades no cumprimento de sua missão e objetivos;
  2. Promover, desenvolver e apoiar o aprimoramento dos métodos usados nas análises de eficiência técnica, eficácia e efetividade aplicados no desempenho das unidades;
  3. Promover e apoiar, metodologicamente, a realização de estudos de adoção e de avaliação de impactos sociais, econômicos e ambientais das tecnologias, produtos e serviços gerados pela Empresa; e
  4. Coordenar o processo integrado de gestão de desempenho institucional, programático e de equipes, em articulação com as demais UCs.

  1. Coordenar e articular o processo de elaboração de uma política integrada e corporativa de gestão de riscos, do nível estratégico ao operacional, bem como proceder ao acompanhamento e orientação quanto à sua implantação;
  2. Promover a realização de estudos, inventários e a qualificação de ativos sobre projetos, processos e parcerias da Embrapa e orientar as unidades quanto a procedimentos de gestão de riscos;
  3. Coordenar e orientar o processo de elaboração de normativos, modelos, planos e ações corporativas de segurança da informação, bem como disseminar a cultura de segurança da informação na Empresa;
  4. Promover e estimular a disseminação da cultura de gestão de riscos na Empresa;
  5. Gerenciar bases de dados atinentes a estudos quantitativos a serem compartilhados com as diversas unidades da Embrapa;
  6. Promover e apoiar as UCs e UDs no desenvolvimento, melhoria da qualidade e no uso de métodos quantitativos e computação científica; e
  7. Promover e apoiar o processo de melhoria contínua da qualidade dos estudos e dos métodos de análise econômica e social.