Boletim Serra Gaúcha

Conjunto de estratégias de manejo da mosca-das-frutas, baseadas principalmente no monitoramento, uso correto das medidas de controle disponíveis e divulgação das informações para os persicultores.

A cultura do pessegueiro é uma das principais cadeias produtivas dos municípios de Pelotas, Canguçu, Morro Redondo, Piratini, Cerrito, localizados no Sul do Rio Grande do Sul. Nesta região se encontra um grande número de minifúndios, cuja renda familiar está concentrada no cultivo e industrialização do pêssego. A cultura do pessegueiro é conduzida em cerca de 2.000 propriedades, de até 10 hectares, envolvendo cerca de 6.000 pessoas. O pêssego é processado em 13 indústrias que juntas produzem cerca de 95% do pêssego em calda do Brasil (cerca de 50 milhões de latas). As indústrias geram cerca de 7.000 empregos diretos e 3.000 indiretos.

A retirada dos inseticidas com ação de profundidade da grade de agrotóxicos autorizados para uso na cultura tem dificultado o controle da mosca-das-frutas, especialmente em anos de alta população da praga. Atualmente, o controle da mosca-das-frutas é realizado com o uso de dois inseticidas de contato e ingestão e apesar destes serem uma alternativa para o controle, há um grande risco de perdas da produção, devido ao pequeno efeito residual e atuação somente sobre os adultos. Além disto, há uma preocupação com a utilização não sustentável de agrotóxicos e que podem causar uma série de problemas ambientais e de segurança alimentar.

O sistema de alerta iniciou na safra de 2010/2011 e baseia-se na coleta de dados referente a população da mosca-das-frutas e aos dados climáticos em dois locais (estações) da região colonial de Pelotas: 1) Colônia Rincão da Cruz, e 2) Colônia Santa Áurea; e um local no município de Morro Redondo, Colônia Colorado. Os dados climáticos são coletados em estações meteorológicas automáticas.

É realizado nas três estações, por meio de 30 armadilhas McPhail, iscadas com proteína hidrolisada. Semanalmente, as armadilhas são vistoriadas para contagem das moscas capturadas.

Uma vez por semana a equipe do projeto se reúne para a análise dos dados e organização das informações. Um Boletim é disponibilizado com informações a respeito da população da mosca-das-frutas e estratégias recomendadas para o seu controle. O Boletim é distribuído via e-mail, veiculado nos sites da Embrapa Clima Temperado e da Emater, nas rádios (comerciais e comunitárias) da região e nos programas televisivos da Embrapa Clima Temperado e da Emater, e impresso e distribuído para os produtores. Além disto, são emitidos torpedos, via celular, alertando os produtores sobre a população da praga.

Vídeos


17/11/2014     
Sistema de Alerta - Centro de Controle Biológico recebe investimento, em Vacaria/RS
Duração: 5:04"   ¦   179 Visualizações
02/05/2014
Técnicas reduzem a população de mosca-das-frutas - Dia de Campo na TV
Duração: 43:09"   ¦   16988 Visualizações
29/09/2014
Sistema de Alerta - nova mosca preocupa produtores e pesquisadores
Duração: 4:46"   ¦   1215 Visualizações
03/03/2009
Mosca das Frutas
Duração: 3:20"   ¦   25595 Visualizações


Frutíferas cultivadas em pomares domésticos podem apresentar vários problemas fitossanitários relacionados ao ataque de insetos-praga, doenças e distú

O Brasil ocupa a terceira posição no ranking mundial de produção de frutas. A produção é diversificada devido às condições climáticas do País, que per