Construção do Equipamento
 
 
 
O equipamento foi elaborado a partir dos seguintes componentes:
 
  • Caixas d'água de capacidade de 100 litros.
  • Bombas de lavagem de 127 Volts.
  • Mangueiras de PVC com "bitola 7/8".
  • Bicos de aspersão.
  • Bombona de PVC de capacidade de 200 litros (depósito de água).
  • "Timers" para controle de frequência e tempo de irrigação Materiais elétricos: fios e cabos.
  • Materiais hidráulicos: canos de PVC, ralos de PVC, junções e adaptadores Peneiras confeccionadas em aço inox.
  • Sistema controlador de temperatura da água (aquecedor elétrico + termostato de aquário).
  • Bóia para controle de altura da água no reservatório.

O reservatório para água de irrigação foi construído com uma bombona com capacidade para 200 litros, que é utilizada para o transporte de essências nas indústrias alimentícias.

Nesta bombona foi fixada uma boia de caixa d'água na lateral superior do reservatório, para controlar a entrada de água da rede pública. Em seguida, na parte inferior da bombona foi feito um furo para saída da água de irrigação, utilizando-se para tal um adaptador soldável com anel acoplado a um pedaço de cano de PVC, e uma mangueira de PVC preta ligada às entradas das bombas de drenagem de água, responsáveis pelo acionamento do sistema de irrigação.
Também foi acoplado na parte superior do reservatório um termostato de aquário e um aquecedor com a finalidade de manter a temperatura da água em torno de 25ºC (Figura abaixo - clique na imagem para ampliar).
 
   
 
Caixas d'água plásticas com 100 litros de capacidade foram dispostas em sequência. Na parte  superior fixaram-se mangueiras de PVC de coloração verde para promover a irrigação. Nessas mangueiras foram presos bicos de aspersão, tendo ao final da linha de irrigação um terminal para impedir a saída de água.
No fundo de cada caixa d'água foi instalado um ralo de plástico, responsável pelo escoamento do excesso da água de irrigação. Abaixo de cada ralo foi acoplado um cano de PVC formando um sistema de coleta do excesso da água de irrigação.
 
As mangueiras de PVC de coloração verde fixadas na parte superior das caixas foram unidas a um conector de 90º, acoplado à mangueira da saída da bomba de drenagem de água, dando origem à linha de irrigação (Figura abaixo - clique na imagem para ampliar)
 
   
 
No interior das caixas foi colocada uma peneira de aço inox que serviu de suporte para a germinação das sementes e escoamento do excesso de água que passa pelas sementes, que darão origem aos brotos. As "caixas germinadoras" foram colocadas sobre cavaletes de madeira, mantendo-as assim elevadas para instalação do sistema de coleta
do excesso da água de irrigação, a qual poderá ser reutilizada no processo de irrigação.
 
Pode-se observar os brotos produzidos sobre as peneiras de aço inoxidável, mostrando os detalhes parte aérea e das raízes. Por fim, o processo de irrigação foi controlado por um timer que acionará o sistema de irrigação conforme a programação feita (número de vezes por dia e tempo de duração da irrigação), automatizando assim o processo (Figura abaixo - clique nas imagens para ampliar).