Publicações

Avaliação das condições de vida, com foco em riscos para a saúde, dos produtores de tomate de São José de Ubá, Rio de Janeiro, Brasil.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: BRANDÃO, E. S.; COSTA, J. R.; MACEDO, J. R. de.

Resumo: O Projeto Gestão Participativa da Microbacia Hidrográfica do Rio São Domingos (GEPAR-MBH), financiado pela Finep, propôs realizar um estudo socioeconômico para conhecer os problemas sociais, econômicos e ambientais enfrentados pelos pequenos produtores agrícolas do município de São José de Ubá, na região Noroeste do Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Esta região vive da atividade agrícola e apresenta uma situação de avançada degradação ambiental. Um dos objetivos deste projeto foi o desenvolvimento de ações para uma gestão participativa sustentável nesta bacia hidrográfica. O principal produto cultivado na região é o tomate, que é muito exigente em tratos culturais, suscetível a pragas acarretando o uso intensivo de agrotóxicos e requer muita irrigação. Todas estas atividades afetam o meio ambiente e o uso excessivo de agrotóxicos constitui um elevado risco à saúde dos produtores. Para utilizar de forma organizada seus recursos naturais, minimizando a pressão sobre o meio ambiente a comunidade precisa se conhecer, ser consciente dos seus limites e organização e suas necessidades por isso foi realizado um censo e a aplicação de um questionário de modo participativo, com intenso envolvimento da população local. As cinco comunidades pertencentes ao Município de São José de Ubá, que participaram do projeto, formaram uma visão dos problemas enfrentados pelos produtores e suas famílias. Esses problemas foram analisados com os produtores e fizeram uma lista com priorização para a solução conforme a metodologia da Pesquisa-Ação e chegaram a sugerir formulação de ações pró-ativas para a melhoria da qualidade de vida.

Ano de publicação: 2009

Tipo de publicação: Separatas

Unidade: Embrapa Solos