Índice

Farelado e/ou granulado

O fertilizante organomineral na forma farelada é obtido pela associação entre composto da porção sólida do dejeto de suíno, separada previamente à biodigestão, enriquecido com fonte mineral de nutrientes (por exemplo, o fósforo), por meio da adição de monoamônio fosfato (MAP) e com sais solúveis de micronutrientes, apropriado para a aplicação a lanço em pastagens e em sistemas de integração lavoura pecuária.

Já o fertilizante organomineral granulado, também produzido com base no resíduo da peneira antes do biodigestor, tem adicionado nutrientes minerais de acordo com a demanda das culturas e formulação desejada. Por exemplo, a formulação 5-20-1, ou seja, fertilizante contendo 5% de N, 20% de P2O5, e 1% de K2O. O composto é produzido por meio de um sistema de compostagem da fração sólida dos dejetos de suínos separados por peneiramento seguido por secagem e mistura de composto e MAP, ambos moídos e granulados.