Projetos

Caracterização do perfil fenotípico e genotípico de resistência da microbiota de suínos criados com e sem administração de antimicrobianos via ração

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Devido ao amplo uso de antimicrobianos durante todas as fases da cadeia de produção de suínos, os produtos de origem animal têm sido apontados como potenciais veículos de disseminação dessas cepas. Com isso, grandes mudanças conceituais e práticas na produção animal estão sendo exigidas. Entretanto, o banimento de antimicrobianos como promotores de crescimento em suínos resultou, em alguns casos, em prejuízo à saúde animal sem a redução da frequência de isolados resistentes. Esses relatos fornecem subsídios àqueles que defendem a manutenção da situação atual da suinocultura brasileira, onde uma utilização elevada é a realidade. Neste sentido, o objetivo do projeto é estudar uma produção de ciclo completo que não administra antimicrobianos via ração desde 2008 em comparação com granjas que utilizam protocolos usuais adotado na suinocultura brasileira (promotores de crescimento e pulsos de antimicrobianos profiláticos).

Ecossistema: Extremo Sul

Região: Sul

Situação: concluído Data de Início: 11/2012 Data de Finalização: 10/2015

Unidade Lider: Embrapa Suínos e Aves

Líder do Projeto: Jalusa Deon Kich

Contato: jalusa.kich@embrapa.br