Projetos

Reutilização de cama de aviário: avaliação da viabilidade e infectividade de patógenos relevantes para a defesa sanitária avícola

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

A reutilização racional da cama de aviário é um fator importante na viabilidade da produção, porém deve ser respaldada pelos aspectos de garantias da sanidade avícola. Já foi demonstrado que o tratamento fermentativo plano é efetivo na redução de Salmonella Enteritidis e enterobactérias na cama de aviário reutilizada, e esse estudo vem sendo usado como referência pelo serviço veterinário oficial e agroindústrias avícolas. Mais recentemente, novas normas técnicas e barreiras comerciais internacionais vêm exigindo comprovar a inativação de vírus aviários e outros sorovares de Salmonella com habilidade de resistir ao ambiente. Isso tem sido um gargalo para a fiscalização dos procedimentos pelo serviço veterinário oficial em todos os Estados, afetando diretamente as garantias de sanidade avícola; como também tem sido uma não conformidade detectada pelas missões internacionais oficiais enviadas pelos países importadores de carne de aves. Este projeto de pesquisa tem o objetivo de estudar o efeito da fermentação plana sobre os vírus da Doença de Newcastle e Doença de Gumboro, e Salmonella Heidelberg na cama de aviário reutilizada. Os resultados devem ser trabalhados para criar instrumentos consistentes de transferência de tecnologia e comunicação e que sirvam de referência à fiscalização do processo e ao seu emprego pelas agroindústrias.

Ecossistema: Florestas Semideciduais e Estacionais, Região dos Cerrados

Região: Sudeste, Sul, Centro-Oeste

Situação: concluído Data de Início: 02/2016 Data de Finalização: 01/2018

Unidade Lider: Embrapa Suinos e Aves

Lider do Projeto: Clarissa Silveira Luiz Vaz

Contato: clarissa.vaz@embrapa.br

Galeria de imagens