Projetos

Adequação dos níveis de cálcio, fósforo e vitamina D em dietas de poedeiras para melhorar a produtividade e reduzir o impacto poluente no ambiente – Nutovos

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

A avicultura de postura é o terceiro maior setor consumidor de ração no Brasil e praticamente dobrou sua capacidade produtiva na última década. Entretanto, devido às dificuldades de pesquisa nessa área, especialmente à necessidade de experimentos longos e de alto custo, pouco se tem evoluído em nutrição para estas aves.

Prova disto é que ainda se usa dados de digestibilidade de nutrientes obtidos com frangos de corte para a formulação de dietas de poedeiras, as quais são selecionadas de forma completamente separada e em estágios de produção com idades distintas. Ainda, é conhecido o grande potencial poluidor dos dejetos produzidos pelas poedeiras (alta concentração de fósforo e nitrogênio), o que pode ser devido ao excesso de certos nutrientes em suas dietas ou mesmo a falta de conhecimento no uso de determinados ingredientes nas rações.

Assim, objetiva-se a adequação nutricional de poedeiras aos nutrientes mais importantes na fase de postura: cálcio (Ca), fósforo (P) e vitamina D, pela importância direta na qualidade óssea e dos ovos, além de afetarem o poder poluente dos dejetos gerados.

Situação: concluído Data de Início: 07/2017 Data de Finalização: 06/2019

Unidade Lider: Embrapa Suinos e Aves

Lider do Projeto: Fernando de Castro Tavernari

Contato: fernando.tavernari@embrapa.br