Publicações

Avaliação do manejo pré-abate de suínos em frigoríficos brasileiros.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Autoria: DALLA COSTA, O. A.; ARAÚJO, A. P. de; ROÇA, R. de O.; GUIDONI, A. L.; ATHAYDE, N. B.; CIOCCA, J. R. P.; RENUNCIO, E.; HOLDEFER, A. C.; LORENZETTI, A. M.; DIESEL, T. A.; DALLA COSTA, F. A.

Resumo: Os eventos que ocorrem nas 24 horas que antecedem o abate dos suínos promovem perdas quantitativas e qualitativas na produção animal. Os procedimentos de embarque, transporte, desembarque e período de descanso são fatores que podem promover estresse nos animais. Estes podem causar distúrbios na homeostase dos suínos, influenciando no bem-estar e nos aspectos qualitativos da carne. Para melhorar o bem-estar dos suínos e a qualidade do produto final, alguns pontos devem ser considerados no manejo pré-abate, tais como a forma como os suínos são manejados e as condições de transporte.

Ano de publicação: 2015

Tipo de publicação: Folhetos