Publicações

Avaliação de arranjo tecnológico para tratamento dos dejetos líquidos de suínos por compostagem e produção de fertilizante orgânico.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Autoria: MATTEI, R. M.; TURMINA, L.; OLIVEIRA, P. A. V. de

Resumo: A suinocultura é uma das principais atividades econômicas da região sul do Brasil com destaque para o oeste de SC. A produção intensiva de suínos geram grandes quantidades de dejetos trazendo grande preocupação à sociedade no que concerne a sustentabilidade ambiental desta atividade. Nas propriedades rurais que não possuem área agrícola suficiente para reciclagem dos dejetos como fertilizantes na agricultura, a atividade suinícola se viabiliza com a implantação de um sistema de tratamento que mitigue o potencial poluidor do efluente gerado. Entre as tecnologias atualmente disponíveis para este fim, está a compostagem dos dejetos líquidos de suínos. Esta tecnologia vem sendo adotada pelos suinocultores com bons resultados. Foram acompanhadas 06 granjas de suínos no oeste de Santa Catarina, que possuem unidades de compostagem para o tratamento dos efluentes. Os resultados médios observados do composto orgânico gerado na compostagem foram os seguintes em termos de NTK, Ptotal, Kt e Ct; 28,64±1,08; 32,27±2,2; 17,42±1,05 e 0,49±0,02 g/Kg, respectivamente.

Ano de publicação: 2015

Tipo de publicação: Separatas