Publicações

Dieta com baixo e alto fósforo fítico e fitase sobre o desempenho de frangos de corte.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Autoria: CATALAN, A. A. da S.; AVILA, V. S. de; GOPINGER, E.; KRABBE, E. L.; LOPES, L. dos S.

Resumo: Para avaliar a eficiência da fitase em dietas com baixo e alto teor de fósforo fítico (Pfít), em função da inclusão ou não do farelo de trigo, sobre o desempenho, foram alojados 384 frangos de corte, machos da linhagem Cobb500, em gaiolas metabólicas e distribuídos em quatro tratamentos em um arranjo fatorial 2x2 em delineamento de blocos casualizados com oito repetições e 12 aves por unidade experimental. A partir de 11 dias de idade as aves receberam as dietas experimentais, que consistiram em: T1 ? dieta com baixo teor de Pfít; T2 ? dieta com baixo teor de Pfít com fitase (500 FTU/kg); T3 ? dieta com alto teor de Pfít e T4 ? dieta com alto teor de Pfít com fitase (500 FTU/kg). No período de 11 a 21 e 22 a 32 dias de idade foram avaliados o consumo médio de ração, peso médio corporal, ganho de peso médio e conversão alimentar. Os dados foram submetidos à análise de variância, onde foram testados os efeitos fixos de dieta e fitase e a interação entre os fatores, bem como o efeito aleatório de bloco. A inclusão de fitase em dietas com baixo e alto teor de Pfít não alterou o desempenho.

Ano de publicação: 2015

Tipo de publicação: Separatas