Estrutura

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Sede da Embrapa Tabuleiros Costeiros está localizada na Zona Sul de Aracaju, Sergipe. Nessa estrutura, que abrange 16 hectares, funcionam a Área Técnico-Científica, com 120 salas, entre escritórios de pesquisadores, laboratórios e salas de treinamento; um prédio para a Área Administrativa, com um auditório para 120 pessoas; amplos estacionamentos para visitantes; quatro casas de vegetação, um prédio destinado ao Setor de Veículos e Transporte; um prédio para o Setor de Patrimônio e Almoxarifado e uma biblioteca. Além de sua sede, conta com uma Unidade de Execução de Pesquisa e Desenvolvimento (UEP) em Rio Largo, Alagoas, campos experimentais nos municípios de Frei Paulo, Nossa Senhora das Dores, Itaporanga d'Ajuda e Umbaúba, em Sergipe, e uma área experimental em Propriá, também em Sergipe, e outra em Penedo, Alagoas.

Campos Experimentais

Campo ItaporangaO Campo Experimental de Itaporanga, também conhecido como Reserva do Caju, tem 1.030 hectares, e está situado no município de Itaporanga d'Ajuda, SE, às margens da Rodovia SE 100, km 3 (11°07'S e 37°11'W), no Litoral Sul de Sergipe, a 28 km de Aracaju.

O Campo tem como objetivos realizar pesquisa, desenvolvimento, validação e transferência de tecnologias e práticas agrícolas agroecológicas sustentáveis; manejo ecologicamente sustentável do uso do solo em agroecossistemas; sediar bancos ativos de germoplasma de plantas tropicais; sediar um espaço de integração, formação e informação científico-ambiental; sediar o Centro de Referência Agroecológica do Litoral Sul de Sergipe; e conservar amostra da Biodiversidade e paisagens do Litoral sul de Sergipe.

O campo experimental de Itaporanga d'Ajuda abriga, além de áreas destinadas à pesquisa e manutenção de recursos genéticos, a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) do Caju, uma área de 763,37 destinada à conservação de caráter permanente. A Embrapa Tabuleiros Costeiros é a primeira Unidade da Embrapa a possuir uma RPPN federal. O reconhecimento oficial foi feito em 2011 pelo Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio).

Supervisor - Erivaldo Fonseca Morais – erivaldo.moraes@embrapa.br / (79) 8153-0721

Campo Betume

O Campo Experimental do Betume, localizado no município Neópolis/SE, às margens do Rio São Francisco e da Rodovia Dom José Brandão de Castro, tem 98 hectares, onde são realizadas pesquisas sobre a cultura do coqueiro e onde está implantado o Banco Ativo de Germoplasma do Coco (BAG – Coco), que tem como responsável técnica a pesquisadora Semíramis Ramalho Ramos.  

Encarregado - João Batista Freire – joaofreire@embrapa.br / (79) 8171-4576

Campo Umbaúba

O Campo Experimental de Umbaúba tem 60,1 hectares, dos quais cerca de 12 ha são ocupados por remanescente de Mata Atlântica. No local, são realizadas atividades de pesquisas e desenvolvimento com curcubitáceas, grãos, fruteiras, oleaginosas, plantas medicinais e aromáticas.

O Campo Experimental de Umbaúba está situado às margens da Rodovia SE 290, Povoado Barrinhas, Umbaúba, SE, no Sul Sergipano, a 100 km de Aracaju.

Supervisor - Erivaldo Fonseca Morais – erivaldo.moraes@embrapa.br / (79) 8153-0721

Campo Pedro ArleO Campo Experimental Pedro Arle está localizado numa área de 180 hectares, no Povoado Manuino, zona rural do município de Frei Paulo, no Agreste Central Sergipano. O Campo desenvolve pesquisas em sanidade, nutrição e reprodução de ovinos da raça Santa Inês e tem trabalhos com abóbora, adubação para a cultura do milho, perdas de solo e água, milho, mandioca, feijão, girassol e soja.

Supervisor - Pablo de Oliveira Melo – pablo.melo@embrapa.br / (79) 8153-0642

Campo Jorge SobralO Campo Experimental Jorge do Prado Sobral está localizado no município de Nossa Senhora das Dores, no Alto Sertão Sergipano, numa área de 150 hectares, às margens da Rodovia SE 206. O Campo desenvolve pesquisas sobre plantas forrageiras, banana, jenipapo, mamona, melhoramento de milho, mandioca, sistema de produção das culturas de milho e soja.

Supervisor - Pablo de Oliveira Melo – pablo.melo@embrapa.br / (79) 3265-2321

Unidade de Execução de Pesquisa

UEP Rio LargoA Unidade de Execução de Pesquisa e Desenvolvimento de Rio Largo (UEP-Rio Largo) está localizada em Rio Largo/AL, BR 104 km 85, no Campus Delza Gitai (Universidade Federal de Alagoas), na região metropolitana de Maceió.
 
Inicialmente, foi implantada para desenvolver projetos com a cultura da cana-de-açúcar, além de trabalhos com a cultura do coco e nutrição animal. A partir de 2006, assumiu a liderança científica e tecnológica na área de agroenergia, com a coordenação do projeto "Produção Sustentável da Cultura de Cana-de-Açúcar para Bionergia em Regiões Tradicionais e de Expansão no Norte e Nordeste do Brasil", envolvendo uma rede de pesquisa com dez Unidades da Embrapa e outras instituições públicas e privadas.

As pesquisas estão concentradas nas linhas de melhoramento genético da cana, com uso da transgenia, visando à resistência à broca gigante e tolerância ao estresse hídrico, fixação biológica do nitrogênio pela cana-de-açúcar, zoneamento da cultura e previsão da safra, construção de cenários futuros, irrigação, manejo da adubação nitrogenada, desenvolvimento de métodos de controle biológico da broca gigante, aproveitamento de resíduos e colheita de cana crua.

A UEP- Rio Largo também conduz pesquisas voltadas para geração e transferência de tecnologias para as culturas de mamona, mandioca, banana, coco, pinha, hortaliças, além de alimentação animal.

Atualmente, está sob a coordenação do pesquisador Paulo de Albuquerque Silva e conta com uma equipe de 27 empregados, sendo 14 pesquisadores e 13 de suporte à pesquisa.

Contatos: (82) 3261-2188 / 3261-1322

Laboratórios

Lab Ecofisio Veg

O Laboratório de Ecofisiologia Vegetal tem como objetivos conhecer os mecanismos fisiológicos de tolerância à seca e a outros estresses ambientais, desenvolvidos pelo coqueiro, mangabeira e outras espécies de importância econômica e de preservação ambiental para a baixada litorânea e tabuleiros costeiros; identificar genótipos de coqueiro mais tolerantes aos diferentes estresses ambientais; determinar, por meio de parâmetros ecofisiológicos obtidos, a irrigação mais eficiente para o coqueiro, em termos do uso econômico da água de irrigação, estabelecendo, assim, uma referência de manejo hídrico deste cultivo para os diferentes ecossistemas brasileiros; conhecer as relações entre o comportamento fisiológico, o crescimento e a produção dos diferentes genótipos de coqueiro; desenvolver variedades de abóbora que apresentem boas características agronômicas e comerciais e teores elevados de carotenóides.

Ensaios
Prolina livre;
Determinação de teores de açúcares totais, e amido;
Determinação do teor de clorofila;
Coleta de espectros no infravermelho próximo e correlação com técnicas clássicas de análise;
Teor de óleos essenciais;
Área Foliar;
Sólidos Solúveis Totais;
Carotenóides totais;
pH;
Acidez titulável;
Glicídios redutores em glicose;
Vitamina C;
Teor de lipídios;
Firmeza;
Determinação da condutância estomática;
Transpiração, fotossíntese, potencial hídrico da folha e área foliar

Consultor Técnico
Edson Eduardo Melo Passos - (79) 4009-1330; edson.passos@embrapa.br;
Semíramis Rabelo Ramalho Ramos - (79) 4009-1332; semiramis.ramos@embrapa.br;
Luciana Marques de Carvalho - (79) 4009-1317; luciana.carvalho@embrapa.br

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009 - 1308; robson.viana@embrapa.br

*O laboratório atualmente não presta serviços externos

Lab Cult Tecidos Plantas

Tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento e aprimoramento de técnicas de propagação rápida de novas variedades melhoradas e mais produtivas e de multiplicação e conservação in vitro de recursos genéticos de frutíferas, plantas medicinais, biodiesel e essências florestais nativas e naturalizadas dos Tabuleiros Costeiros.
 

 

 

 

Tipos de ensaios ou atividades
Propagação de material vegetal
Conservação in vitro de recursos genéticos
Cultura de embriões zigóticos
Embriogenese somática
Criopreservação

Consultor Técnico
Ana da Silva Ledo – (79) 4009-1362; ana.ledo@embrapa.br
Regina Beatriz Bernd – (79) 4009-1332; regina.bernd@embrapa.br

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br

*O laboratório atualmente não presta serviços externos.

Tem como objetivo dar suporte à pesquisa agropecuária em Nutrição Animal e áreas afins de abrangência dos tabuleiros costeiros, realizando análises de alimentos e nitrogênio total em amostras foliar, vinculadas a projetos de pesquisa e para produtores.

Tipos de ensaios
Matéria seca
Cinza
Fibra bruta
Extrato etéreo
Proteína bruta
Digestibilidade in vitro da matéria seca
Ácido lático e pH em silagem
Fibra em detergente neutro(FDN)
Fibra em detergente ácido(FDA)
Lignina (método do permanganato)
Nitrogênio inorgânico (amônio, nitrato + nitrito)

Consultor Técnico
José Henrique de A. Rangel – (79) 4009-1338; jose.rangel@embrapa.br;
Evandro Neves Muniz (79) - (79) 4009-1338; evandro.muniz@embrapa.br;

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br;

*O laboratório presta serviços externos sob consulta.

Lab Solos

 

Tem como objetivo dar suporte a pesquisa por meio de ensaios que possibilitam conhecer as características químicas, físicas e hídricas dos solos para auxiliar na definição de sistemas eficientes de manejo.

 

 

 

Ensaios Químicos
Matéria orgânica;
Acidez ativa - medida de pH em água;
Acidez trocável – teor de Alumínio;
Acidez potencial – teor de H+Al;
Macronutrientes (P, Ca, Mg e K);
Micronutrientes (B, Cu, Fe, Mn e Zn);
Sódio (Na);

Ensaios Físicos
A partir de amostras deformadas
Densidade de partículas;
Distribuição do tamanho das partículas (granulometria) e Classificação textural;
Umidade a 10 kPa e 1500 kPa (capacidade de campo e ponto de murcha, respectivamente);
Umidade do solo base massa;
A partir de amostras indeformadas
Densidade do solo;
Porosidade total, macroporosidade e microporosidade;
Curva de retenção de água utilizando funis de placa porosa para as tensões até 10kPa, câmaras de Richard de baixa tensão para tensões entre 30 e 400kPa e de alta tensão para tensões entre 500 e1500kPa;
Análise de agregados (distribuição do tamanho de agregados, % de agregação, estabilidade de agregados);

No campo
Taxa de infiltração de água;
Condutividade hidráulica não saturada;
Estudo de raízes;
Tensiometria;
Resistência à penetração;
Umidade do solo em tempo real

Consultor Técnico
Lafayette Franco Sobral - (79) 4009-1371; lafayette.sobral@embrapa.br;
Fernando Luiz Dultra Cintra (79) - (79) 4009-1331; fernando.cintra@embrapa.br;
Edson Patto Pacheco - (79) 4009-1303; edson.patto@embrapa.br;

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br;

*O laboratório presta serviços externos sob demanda.

Lag Ger Residuos

 

Tem como objetivo consolidar ações voltadas para a preservação ambiental, focando principalmente, na adoção de procedimentos relacionados ao gerenciamento de resíduos de laboratório, tais como: minimização da geração, redução de insumos, reuso e reciclagem dos ativos e passivos, tratamento, armazenamento e descarte de forma ecologicamente correta.

 

 

Tipos de ensaios
Destilação;
Neutralização;
Oxidação;
Precipitação.

Consultor Técnico e Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br

*O laboratório não presta serviços externos.

Lab Entomo

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br

Lab Fert Solos

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br

Lab Fitopat

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br

Lab Fis Solos

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br

Lab Geotec

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br

Lab Repr Animal

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br

Lab Sanid Animal

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br

Gestor
Robson Dantas Viana – (79) 4009-1308; robson.viana@embrapa.br