Projetos

Mapeamento de níveis de degradação de pastagens no bioma Cerrado por meio de geotecnologias

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: RAMOS, Allan Kardec Braga

Este projeto tem como objetivos mapear níveis de degradação de pastagens cultivadas no bioma Cerrado de quatro estados brasileiros (Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins e São Paulo); estabelecer modelos computacionais para classificar pastagens degradadas em áreas do Cerrado, segundo diferentes níveis de degradação; e estruturar banco de dados geoespacial para auxiliar a tomada de decisão pela iniciativa pública e privada quanto ao uso dessas terras pela agropecuária. Apesar da quantificação e da localização geoespacial das áreas de pastagens degradadas do bioma Cerrado ser um tema relevante para o País, iniciativas anteriores de mapear níveis de degradação de pastagens utilizaram séries temporais de imagens de baixa resolução espacial (pixel de 1.000 metros). Neste sentido, o projeto inova ao utilizar imagens de satélites de média resolução como séries temporais do Landsat 8, com resolução espacial de 30 metros, e do Sentinel-2, com resolução espacial de 10 metros nas bandas RGB e NIR. Outra inovação é o número de locais amostrados no campo nas áreas de pastagens cultivadas do Cerrado. O montante totalizará cerca de 2.800 locais.

Situação: em execução Data de Início: 08/2019 Data de Finalização: 07/2022

Unidade Lider: Embrapa Territorial

Líder do Projeto: Sergio Galdino

Contato: sergio.galdino@embrapa.br

Galeria de imagens