Efficiency and residual effect of alternative potassium sources in grain crops.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Autoria: SORATTO, R. P.; CRUSCIOL, C. A. C.; CAMPOS, M. DE; GILABEL, A. P.; COSTA, C. H. M. DA; CASTRO, G. S. A.; FERRARI NETO, J.

Resumo: ABSTRACT: The objective of this work was to evaluate the efficiency and the residual effects of both molten and ground alkaline potassium-silicate rocks (K1) and of ground phonolite rock (K2), as sources of potassium, compared with the traditional source (KCl), in grain crop successions. Two experiments ? one with the succession soybean-wheat-corn and the other with the succession corn-millet-soybean ? were conducted on a Typic Haplorthox in a randomized complete block design with four replicates. The treatments consisted of three sources (KCl, K1, and K2) and four rates of K (corresponding to 0, 0.5, 1.0, and 2.0 times the recommended rates for soybean and corn). The used sources did not affect leaf K concentration in soybean, but KCl and K2 similarly increased leaf K concentration in corn. Regardless of the source, K application increased the yield of all crops. The K1 and K2 sources present agronomic efficiencies equivalent to that of KCl. K1 and K2 show a more pronounced residual effect than KCl, especially on crops grown approximately one year after their application and under K rates above those recommended for the crops. Index terms: agronomic efficiency, phonolite, potassium fertilization, residual effect, rock dust, silicon. Eficiência e efeito residual de fontes alternativas de potássio em culturas graníferas RESUMO: O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência e o efeito residual de rochas potássico-silicáticas alcalinas fundidas e moídas (K1) e de rocha de fonolito moída (K2), como fontes alternativas de potássio, em comparação à fonte tradicional (KCl), em sucessões de culturas graníferas. Dois experimentos ? um com sucessão soja-trigo-milho e outro com sucessão milho-milheto-soja ? foram conduzidos em Latossolo Vermelho argiloso, em delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos consistiram de três fontes (KCl, K1 e K2) e quatro doses de K (correspondentes a 0, 0,5, 1,0 e 2,0 vezes a dose recomendada para a cultura da soja e do milho). As fontes não afetaram a concentração de K nas folhas da soja, mas KCl e K2 aumentaram de forma semelhante a concentração de K nas folhas do milho. Independentemente da fonte, a aplicação de K aumentou as produtividades de todas as culturas. As fontes alternativas K1 e K2 apresentam eficiências agronômicas equivalentes à do KCl. K1 e K2 têm efeitos residuais mais pronunciados que o do KCl, especialmente em cultivos realizados aproximadamente um ano após suas aplicações e com doses de K acima das recomendadas para as culturas.

Ano de publicação: 2021

Tipo de publicação: Artigo de periódico