Cultivos

As principais ações de pesquisa desenvolvidas pela Embrapa Trigo são direcionadas para as culturas de inverno. Dentre elas, as culturas alvo são o trigo, a cevada, o triticale, o centeio, a aveia e a canola. Pesquisas com as culturas da soja e do milho também são conduzidas pela Embrapa Trigo, em apoio regional as Unidades líderes nessas culturas.

O triticale é um cereal obtido através do cruzamento de trigo com o centeio. Essa cultura está sendo pesquisada desde 1969 no Brasil. Com a produção destinada principalmente à alimentação animal, além de outros usos como biscoitos, massas para pizzas, cereais e produtos dietéticos. Em 2004, a Embrapa Trigo registrou a primeira cultivar brasileira de triticale.

 

Indicações técnicas para a produção de triticale

Cultivares e sementes

 

 

 

 

A canola é uma planta da família das crucíferas (como o repolho e as couves), destinada a produção de óleos. No Brasil cultiva-se apenas canola de primavera, da espécie Brassica napus L. var. oleifera, que foi desenvolvida por melhoramento genético convencional de colza. Na Embrapa Trigo, as pesquisas com canola estão voltada à composição de sistemas de produção, com a avaliação de genótipos e o desenvolvimento de tecnologias de manejo da cultura e da colheita. A produção está concentrada na Região Sul, mas conta com experimentos no Centro-Oeste do Brasil.

Sistema de Produção de Canola

Mais Informações

 

 

A aveia é uma das principais culturas de inverno na Região Sul. Somente no Rio Grande do Sul, a aveia ocupa mais de 2 milhões de hectares, tanto na cobertura do solo, como na integração-lavoura-pecuária. Como alternativa às populações de aveia preta comum, sem origem genética ou obtentor, mas ainda utilizadas em larga escala pelos agricultores, a Embrapa Trigo desenvolve, desde 2012, um programa de melhoramento de aveia.

Cultivares e sementes